Aposentadoria e trabalho docente: momento de despedidas ou reencontros com o trabalho?

Autores

  • Marta Luiza Montenegro Lana Jogaib Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ
  • Hélder Pordeus Muniz Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v18i1p46-58

Palavras-chave:

Aposentadoria, Trabalho docente, Professor universitário, Ergologia

Resumo

Este artigo tem o objetivo de analisar como professores de psicologia aposentados, que optaram por continuar trabalhando na universidade, estão vivenciando esse novo momento da carreira. A partir da perspectiva ergológica e de conceitos da ergonomia da atividade, foram realizadas conversas dialógicas sobre o trabalho com quatro professores de psicologia aposentados numa universidade pública federal, seguindo-se observações sobre algumas reuniões de trabalho. Conclui-se que os professores continuam trabalhando porque usaram a aposentadoria como estratégia para construir outro modo de fazer uso de si no trabalho, com mais autonomia para decidir sobre que tarefas iriam desenvolver e como realizá-las. Vale ressaltar ainda que, para além da necessidade de reconhecimento social ou receio de perdas salariais, esses professores mantiveram-se ligados à atividade docente por conseguirem desenvolver o trabalho em situações nas quais compartilhavam coletivamente valores do bem comum, tornando possível uma boa articulação entre o uso de si por si e por outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Luiza Montenegro Lana Jogaib, Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal Fluminense.

Hélder Pordeus Muniz, Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ

Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal Fluminense.

Downloads

Publicado

2015-06-23

Como Citar

Jogaib, M. L. M. L., & Muniz, H. P. (2015). Aposentadoria e trabalho docente: momento de despedidas ou reencontros com o trabalho?. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 18(1), 47-59. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v18i1p46-58

Edição

Seção

Artigos Originais