O trabalho vivo de profissionais que lidam com a morte

Autores

  • Edil Ferreira da Silva Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB
  • Helyssa Luana Lopes Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB
  • Ana Paula Lima da Silva Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v18i1p59-74

Palavras-chave:

Saúde do trabalhador, Profissionais de medicina legal, Fatores de risco, Estratégias de defesa, Clínicas do trabalho

Resumo

Este artigo apresenta resultados de pesquisa realizada no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) de Campina Grande (PB). Objetiva mostrar a atividade de trabalho, evidenciando os fatores de risco e as estratégias de defesa utilizadas para enfrentá-los e subvertê-los. Os pressupostos teóricos e metodológicos se basearam nas abordagens da Ergonomia Situada e da Psicodinâmica do Trabalho. Foram feitas 15 observações sistemáticas do trabalho e quatro entrevistas coletivas com as equipes do NUMOL. Identificaram-se os fatores de risco biossanitário, ergonômico, de acidentes e psicológico. Percebeu-se a mobilização dos trabalhadores diante das variabilidades, na cooperação no trabalho e na elaboração de estratégias de defesa. Concluiu-se que os trabalhadores são ativos, usam os saberes de prudência e elaboram estratégias de defesa para se proteger dos riscos e transformar o sofrimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edil Ferreira da Silva, Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB

Curso de Psicologia, Docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social/UEPB.

Helyssa Luana Lopes, Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB

Psicóloga do Trabalho e Organizacional, Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde/UEPB.

Ana Paula Lima da Silva, Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB

Psicóloga da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas/UEPB.

Downloads

Publicado

2015-06-23

Como Citar

Silva, E. F. da, Lopes, H. L., & Silva, A. P. L. da. (2015). O trabalho vivo de profissionais que lidam com a morte. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 18(1), 61-76. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v18i1p59-74

Edição

Seção

Artigos Originais