Motivação e satisfação com a vida em trabalhadores temporários: validade de uma medida usando a teoria da autodeterminação

Autores

  • Josilene Batista Universidade de Lisboa. Faculdade de Psicologia. Área dos Recursos Humanos, Organizações e do Trabalho
  • Maria José Chambel Universidade de Lisboa. Faculdade de Psicologia. Área dos Recursos Humanos, Organizações e do Trabalho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v19i1p1-15

Palavras-chave:

Trabalhadores temporários, Motivação, Teoria da autodeterminação, Validade de medida

Resumo

O tema das motivações é amplamente estudado no campo da psicologia e, apesar de reconhecida a sua importância, são limitadas as pesquisas especificamente relacionada ao trabalho temporário. Este estudo foi realizado com 812 trabalhadores temporários em Portugal, com o objetivo buscar evidências da validade de uma medida para acessar suas motivações de acordo com a teoria da autodeterminação (SDT). Procedimentos estatísticos foram realizados, nomeadamente análises fatoriais exploratória e confirmatória. Os resultados revelam que a estrutura proposta de dois fatores apresenta boa qualidade dos valores dos índices de ajustamento, bem como valores adequados de validade convergente e discriminante, sendo válida e permitindo sua aplicação prática e em futuras investigações. Embora instrumentos como este sejam inovadores e promissores para avaliar o contexto do trabalho temporário, sugere-se a realização de mais investigações buscando mais evidências de validade favorecendo a ampliação do conhecimento sobre suas características psicométricas, inclusivamente outras variáveis

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josilene Batista, Universidade de Lisboa. Faculdade de Psicologia. Área dos Recursos Humanos, Organizações e do Trabalho

Doutoranda na Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, área dos Recursos Humanos, Organizações e do Trabalho

Maria José Chambel, Universidade de Lisboa. Faculdade de Psicologia. Área dos Recursos Humanos, Organizações e do Trabalho

Professora na Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, na área dos Recursos Humanos, Organizações e do Trabalho

Downloads

Publicado

2016-07-01

Como Citar

Batista, J., & Chambel, M. J. (2016). Motivação e satisfação com a vida em trabalhadores temporários: validade de uma medida usando a teoria da autodeterminação. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 19(1), 1-15. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v19i1p1-15

Edição

Seção

Artigos Originais