Reestruturação da temporalidade laboral a partir do discurso dos trabalhadores do turismo

Autores

  • Cássio Adriano Braz de Aquino Universidade Federal do Ceará; Departamento de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v12i2p271-283

Palavras-chave:

Tempo, Trabalho, Turismo

Resumo

O artigo discute as evidências da configuração da temporalidade na percepção dos trabalhadores do turismo, tomando como elemento mais relevante dessa escolha o fato de o trabalho desses profissionais ocorrer no tempo liberado dos trabalhadores tradicionais. A investigação, de base qualitativa, foi realizada com profissionais que atuavam em atividades de lazer e foi composta por 12 entrevistas nas quais foram abordadas questões relativas ao vínculo laboral e à relação com a vivência de uma temporalidade "atípica" ante o modelo de temporalidade estável que prevaleceu na sociedade industrial. Os resultados indicam que a reconfiguração da estrutura temporal, tomada como uma tendência generalizada e que extrapola esse setor específico da economia, tem impacto no ordenamento social, mas não minimiza a prevalência do trabalho como atividade central em tal organização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Como Citar

Aquino, C. A. B. de. (2009). Reestruturação da temporalidade laboral a partir do discurso dos trabalhadores do turismo. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 12(2), 271-283. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v12i2p271-283

Edição

Seção

nd