Contribuições da saúde do trabalhador à educação infantil: o sofrimento mental de educadoras de uma creche paulistana

Autores

  • Renata Paparelli Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Faculdade de Psicologia
  • Thaís Aurungo José Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Faculdade de Psicologia
  • Luna Gonçalves da Silva Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Faculdade de Psicologia
  • Tânia Corghi Veríssimo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Faculdade de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v10i2p1-15

Palavras-chave:

Saúde do trabalhador, Saúde do trabalhador da educação, Trabalho penoso, Sofrimento mental no trabalho, Creches, Educação infantil

Resumo

A pesquisa-intervenção, iniciada como estágio supervisionado, desenvolveu-se durante o ano de 2006. Partiu-se da constatação do aumento do número de auxiliares de desenvolvimento infantil de creches conveniadas à Prefeitura Municipal de São Paulo que recorrem ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador e ao Sindicato da categoria nos últimos anos com queixas que se referem especialmente à incidência de sofrimento psíquico relacionado ao trabalho. Buscou-se contribuir com as trabalhadoras de uma das creches conveniadas na investigação das causas do sofrimento mental que têm vivenciado, além de colaborar com a construção de formas de enfrentamento transformadoras dessa realidade, constituídas coletivamente e a partir da articulação entre o conhecimento prático (saber-fazer das trabalhadoras) e o conhecimento teórico (aquele que trazemos de nossa inserção na universidade). Para tanto, foram realizados encontros periódicos com as trabalhadoras na creche, observações do cotidiano de trabalho, reuniões com a equipe dirigente da instituição e devolutivas a todas as participantes. O trabalho revelou a presença de intenso sofrimento psíquico relacionado ao trabalho e de vivências de humilhação, tudo isso adquirindo novas feições na atual política pública voltada à Educação Infantil no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-01

Como Citar

Paparelli, R., José, T. A., Silva, L. G. da, & Veríssimo, T. C. (2007). Contribuições da saúde do trabalhador à educação infantil: o sofrimento mental de educadoras de uma creche paulistana. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 10(2), 1-15. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v10i2p1-15

Edição

Seção

Artigos