Atenção básica e saúde mental: experiência e práticas do Centro de Saúde Escola Samuel B. Pessoa

Autores

  • Maria Luisa Sandoval Schmidt Universidade de São Paulo, Instituto de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v16i1p57-70

Palavras-chave:

Saúde mental, Atenção básica em saúde, Políticas públicas de saúde, Supervisão, Etnografia.

Resumo

O presente artigo apresenta e analisa achados de estudo etnográfico realizado junto ao Centro de Saúde Escola
Samuel B. Pessoa, focalizando as relações entre o campo da saúde mental e a atenção básica em saúde. Está dividido
em três partes principais, contemplando a história dessas relações na referida instituição, aspectos atuais das políticas
públicas de saúde que incidem sobre essa esfera e a prática de supervisão de saúde mental para agentes comunitários
de saúde como espaço privilegiado de formação e diálogo para a composição de práticas de cuidado. O estudo
mostrou que a experiência e as práticas do CSEB, relacionando saúde mental e atenção primária e básica em saúde,
conservam a memória histórica desta relação na cidade de São Paulo, experimentando, ao mesmo tempo, as novas
propostas para área, desde uma perspectiva crítica e problematizadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Schmidt, M. L. S. (2013). Atenção básica e saúde mental: experiência e práticas do Centro de Saúde Escola Samuel B. Pessoa. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 16(1), 57-70. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v16i1p57-70

Edição

Seção

Artigos