O trabalho na creche a partir do invisível

Autores

  • Anne-lise Ulmann Conservatoire Nacional des Arts et Métiers (Paris, França)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17ispe1p119-128

Palavras-chave:

Profissões da primeira infância, relação de serviço, cuidado, atividade invisível, intervenção, abordagem etnográfica.

Resumo

Este artigo apresenta o trabalho de algumas profissionais da primeira infância em duas creches. A partir de um procedimento de tipo etnográfico, ele mostra as tensões vividas silenciosamente por essas mulheres e questiona suas consequências, tanto sobre sua saúde como sobre seu modo de agir com as crianças. Observadora implicada, mas também interlocutora dessas profissionais, a autora se apoia no que vê e sente, a fim de produzir uma reflexão conjunta com elas sobre as dimensões éticas de situações aparentemente ordinárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-05-09

Como Citar

Ulmann, A.- lise. (2014). O trabalho na creche a partir do invisível. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 17(spe1), 119-128. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17ispe1p119-128