Espaços interqualificantes e prevenção do envolvimento dos jovens no tráfico de drogas

Autores

  • Pierre Roche Centre d'Études et de Recherches sur les Qualifications(Marselha, França)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17ispe1p129-140

Palavras-chave:

Tráfico de drogas, Jovens, Prevenção, Posicionamentos profissionais, Cooperações horizontais, Clínica sociológica do trabalho.

Resumo

A irrupção do tráfico de drogas em bairros populares desestabiliza cotidianamente ações de numerosos profissionais (professores, educadores, animadores etc.). Alguns dentre eles recusam acomodar-se a tal situação. Em Marselha, Paris e em Seine-Saint-Denis, algumas instituições decidiram criar espaços de troca em torno do tema da prevenção do envolvimento dos jovens no tráfico, a fim de sustentar seus engajamentos. Chamado a animar esses grupos, o autor se apoiou em um dispositivo próprio da clinica sociológica, baseado na construção de saberes. A partir de então, os participantes desses grupos dispõem de uma leitura mais fina sobre as redes de tráfico de drogas e sobre a participação dos jovens nessas redes. Eles construíram um posicionamento profissional mais solidário no cotidiano e desenvolvem cooperações horizontais mais fecundas. Eles também criaram pistas originais de trabalho. Finalmente, o autor se interroga sobre a maneira pela qual tal iniciativa pode ser útil – não apenas aos participantes, mas também a todos que são (ou serão) confrontados com esses problemas em seus espaços de intervenção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-05-09

Como Citar

Roche, P. (2014). Espaços interqualificantes e prevenção do envolvimento dos jovens no tráfico de drogas. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 17(spe1), 129-140. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17ispe1p129-140