Os vestidos de Lúcia: Personagem e vestuário em Lucíola de José de Alencar

Autores

  • Gabriel Queiroz Guimarães Hernandes Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i15p87-101

Palavras-chave:

romantismo, Alencar, Lucíola, moda

Resumo

O presente artigo tem por objetivo explorar na obra Lucíola, do escritor brasileiro José de Alencar, algumas relações que se estabelecem entre os sentidos do texto e o vestuário utilizado por Lúcia, protagonista do romance, ao longo da história. Procuramos construir uma relação entre a moda, a atmosfera das ambientações do romance e a personagem, a fim de mostrar como se articulam, em nível textual, esses elementos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Queiroz Guimarães Hernandes, Universidade de São Paulo

Bacharel em Letras e Mestrando pelo Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada.

Referências

ALENCAR, José de. “Lucíola”. In:ALENCAR, José de. Obra completa. Vol 1. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1959.

ALENCAR, José de. “Diva”. In: ALENCAR, José de. Obra completa. Vol 1. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1959.

ALENCAR, José de. “Encarnação”. In: ALENCAR, José de. Obra completa. Vol 1. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1959.

ALENCAR, José de. “Benção paterna”, prefácio a Sonhos d’ouro. In: ALENCAR, José de. Obra completa. Vol 1. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1959.

ALENCAR, José de. O gaúcho. 3ªed. São Paulo: Ática, 1988.

ALENCAR, José de. Melhores Crônicas: José de Alencar. São Paulo: Global, 2003.

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. “Vida privada e ordem privada no Império”. In:ALENCASTRO, Luiz Felipe de (org.). História da Vida Privada no Brasil. Vol 2. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

BATAILLE, Georges. O erotismo. 3ªed. Lisboa: Antígona, 1988.

BENJAMIN, Walter. “Paris do segundo império”. In:BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1989.

CANDIDO, Antonio. “O indivíduo e a pátria”. In: CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira: momentos decisivos 1750 – 1880. 10ª ed. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 2006.

CIRLOT, Juan-Eduardo. Dicionário de símbolos. 4ªed. São Paulo: Centauro, 2007.

FORTES, Rita Félix. “Do bordel ao lar: uma volta impossível em Lucíola de José de Alencar”. Travessia, Santa Catarina, nº 25, pg. 61-69, 1992.

MACEDO, Joaquim Manuel de. “Memórias da Rua do Ouvidor”. In: STRZODA, Michelle (org.) O Rio de Joaquim Manuel de Macedo: jornalismo e literatura no século XIX. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2010.

MACHADO, Roberto. Nietzsche e a verdade. São Paulo: Graal, 1999.

MARCO, Valéria de: O império da cortesã: Lucíola, um perfil de Alencar. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

PONTIERI, Regina Lúcia. A voragem do olhar. São Paulo: Perspectiva, 1988.

RIBEIRO, Luis Filipe. “A virgindade da Alma”. In:RIBEIRO, Luís Filipe. Mulheres de papel: um estudo do imaginário em Alencar e Machado de Assis. Niterói: EDUFF, 1996.

SOUZA, Gilda Rocha de Mello. O espírito das roupas: a moda no século dezenove. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

SOUZA, Gilda Rocha de Mello. “Macedo, Alencar, Machado e as roupas”. In: SOUZA, Gilda Rocha de Mello. A ideia e o figurado. São Paulo: Editora 34, 2005.

Downloads

Publicado

2015-12-09

Como Citar

Hernandes, G. Q. G. (2015). Os vestidos de Lúcia: Personagem e vestuário em Lucíola de José de Alencar. Revista Criação & Crítica, (15), 87-101. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i15p87-101

Edição

Seção

Artigos