Breviário de espectrologia e necromancia: uma hipótese referente ao estudo da ficção historiográfica brasileira

Palavras-chave: Espectro, Literatura, Historiografia, Ficção Histórica, Filosofia

Resumo

Esse breve ensaio vislumbra a relação da escrita com a morte, na historiografia, mas também na ficção histórica, a partir da questão do espectro enquanto sintoma da barbárie, que assombra o presente. A escrita da história, na esteira de Michel de Certau e Jeanne Marie Gagnebin, seria uma espécie de rito sepultamento, uma espécie de necromancia, portanto, um diálogo com os fantasmas do passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Vinícius Lima de Almeida, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Mestrando em Literatura e Crítica Literária na PUCSP. Bolsista Fapesp. Membro do Grupo de Pesquisa "O narrador e as fronteiras do relato".

Referências

CERTEAU, Michel de. A escrita da História. Tradução de Maria de Lourdes Menezes. Rio de Janeiro: Forense, 1982. p. 106.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito da história. In:______ Obras escolhidas vol.I: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 8ª ed. São Paulo: Brasiliense, 2012.

DERRIDA, Jacques. Espectros de Marx: o estado da dívida, o trabalho do luto e a nova Internacional. Trad. Anamaria Skinner. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994.

GAGNEBIN, Jeanne-Marie. Limiar, aura e rememoração: ensaios sobre Walter Benjamin. São Paulo: Editora 34, 2014.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. Tradução: Federico Carotti. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

SHAKESPEARE, William, HAMLET. Tradução: Lawrence Flores Pereira. São Paulo: Penguin Companhia, 2015.

KELL, Maria Rita. Tortura e sintoma social. In: SAFATLE, Vladimir et al. O que resta da ditadura: a exceção brasileira. São Paulo: Boitempo Editorial, 2010. p.124-125

Publicado
2017-12-02
Como Citar
Almeida, M. (2017). Breviário de espectrologia e necromancia: uma hipótese referente ao estudo da ficção historiográfica brasileira. Revista Criação & Crítica, (19), 54-57. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i19p54-57
Seção
Artigos