A escritura de Mina Loy entre as figurações do feminino na virada do século

Palavras-chave: Feminismo, Poesia Moderna, Poesia de Língua Inglesa, Literatura e filosofia

Resumo

O presente artigo tratará das ambivalências do pensamento de Mina Loy, conforme apresentado em seus poemas e no Manifesto Feminista, em vias de situá-lo como resposta à psicologia europeia da virada do século XIX para o XX, em especial às concepções do feminino de Otto Weininger. Deste modo, pretende-se entender como a forma poética já carrega em si algo de uma invectiva contra o modo, masculino (DERRIDA, 1993), de valorizar o saber que Loy pretende destruir em prol de afirmações positivas de uma identidade feminina. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Bento Pugliesi, Universidade Federal do Rio de Janeiro Universidade de São Paulo

Professor substituto de Teoria Literária no IL/UFRJ

Mestrando em Literatura Brasileira pela FFLCH/USP

Referências

ALLEN, Judith A. The Feminism of Charlotte Perkins Gilman: Sexualities, Histories, Progressivism. The University of Chicago Press, 2009.

ALTIERI, Charles. The Art of Twentieth-Century American Poetry: Modernism and After. Blackwell Publishing, 2005.

BURKE, Carolyn. Becoming Modern: The Life of Mina Loy. New York: Farrar, Straus and Giroux, 1996.

DERRIDA, Jacques. The politics of friendship. Translated by Gabriel Motzkin and Michale Syrotinsky with Thomas Keenan. The Johns Hopkins University Press: American Imago, vol 50, n 3. 1993, p. 353-391.

LOY, Mina. The lost lunar baedaker: poems of Mina Loy. Ed: Roger L. Conover. Ebook First Edition, 2014.

MILLER, Christane. Cultures of modernism: Marianne Moore, Mina Loy & Else Lasker-Schuller – Gender and Literary Community in New York and Berlin. The University of Michigan Press, 2005.

WALTER, Christina. Optical impersonality: Science, Images and Literary Modernism. Baltimor: John Hopkins University Press, 2014.

WEININGER, Otto. Sex & Character. New York: A. L. Burt Company Publishers, 1903.

ZIZEK, Slavoj. The Thing from Inner Space, 1990. Disponível em: Acesso em: 15/06/2017

ZIZEK, Slavoj. Cogito, Madness and Religion: Derrida, Foucault and then Lacan, 2007. Disponível em: Acesso em: 04/05/2017

Publicado
2017-12-02
Como Citar
Pugliesi, L. (2017). A escritura de Mina Loy entre as figurações do feminino na virada do século. Revista Criação & Crítica, (19), 58-71. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i19p58-71
Seção
Artigos