As faces do narrador em Inferno Provisório, de Luiz Ruffato

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.i28p188-202

Palavras-chave:

Luiz Ruffato, Inferno Provisório, Narrador

Resumo

Partindo da constatação de que a figura do narrador de Inferno provisório (2016), de Luiz Ruffato, tem sido motivo de inquietação tanto para a crítica, quanto para o público leitor em geral, perscrutamos, neste artigo, a identidade desse ser fictício que narra as histórias adunadas no romance. A investigação tem por objetivo revelar a identidade daquele que é responsável por enunciar e modelizar o universo diegético e interpretar os motivos que o levam a utilizar-se de diferentes modos de incursão no mural de histórias. Para o percurso investigativo, foram adotados aportes teóricos que elucidam as categorias do discurso narrativo e que intercruzam história, memória e ficção. As descobertas confirmam a unicidade do narrador do romance e uma estratégia narrativa que não só amplia, mas também subverte as formas tradicionais de narrar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUIAR, Vera Teixeira; BORDINI, Maria da Glória. Literatura: a formação do leitor: alternativas metodológicas. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1993.

CERQUEIRA, R. Um escritor excepcional, uma obra de exceção: o Inferno provisório e as movimentações de Luiz Ruffato no campo literário brasileiro. 2016. 251f. Tese – Doutorado – Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Letras. Programa de Pós-graduação em Estudos Literários. Juiz de Fora, 2016.

GENETTE, G. Discurso da narrativa: ensaio de método. Arcádia. Trad. de Fernando Cabral Martins. Lisboa: Arcádia, 1979.

HALBWACHS, M. A Memória Coletiva. Tradução de Beatriz Sidou. São Paulo: Centauro, 2006.

LEJEUNE, P. O pacto autobiográfico: de Rousseau à Internet. Trad. de Jovita M. G. Noronha; Maria Inês C. Guedes. 2 ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

LÍSIAS, R. “Sem compasso – Notas sobre a obra de Luiz Ruffato”. In: Intervenções: Álbum de crítica. Coleção Geleia Real. e-galáxia, 2014.

LUKÁCKS, G. Narrar ou descrever? Contribuições para uma discussão sobre o naturalismo e o formalismo. In: Ensaios sobre literatura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965. p. 43-94.

PELLEGRINE, T. A refração do realismo em Luiz Ruffato: um inferno permanente. Estudo de Literatura Brasileira Contemporânea. Brasília. n. 59, jan./abr. 2020, p. 1-12. Disponível em: <https://periodicos.unb.br/index.php/estudos/article/view/29336>. Acesso em: jun. 2020.

RUFATTO, L. (os sobreviventes). São Paulo: Boitempo, 2000.

RUFATTO, L. Domingo sem Deus. (Inferno Provisório Volue 5). Rio de Janeiro, Record, 2011a.

RUFATTO, L. Histórias de remorsos e rancores. São Paulo: Boitempo, 1998.

RUFATTO, L. Mamma, son tanto felice. (Inferno Provisório Volume 1). Rio de Janeiro: Record, 2005.

RUFATTO, L. O livro das impossibilidades. (Inferno Provisório Volume 4). Rio de Janeiro, Record, 2008.

RUFATTO, L. O mundo inimigo. (Inferno Provisório Volume 2). Rio de Janeiro, Record, 2005.

RUFATTO, L. Vista parcial da noite. (Inferno Provisório Volume 3). Rio de Janeiro, Record, 2006a.

RUFATTO, L. “Viver de literatura”. In: RUFFATO, Luiz. Minha primeira vez. Porto Alegre: Arquipélago editorial: 2014. p.177-180.

RUFATTO, L. Entrevista concedida ao Programa Entrelinhas, Arte e Cultura, da TV Cultura. 13/11/2011b. Disponível em: <https://tvcultura.com.br/videos/8897_luiz-ruffato-entrelinhas-13-11-2011.html>. Acesso em: 26 mai. 2020.

RUFATTO, L. Inferno provisório. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

RUFATTO, L. Literatura com um projeto. Entrevista concedida a Heloísa Buarque de Hollanda e Ana Lígia Matos. Revista Z Cultural. Rio de Janeiro, ano III, n. 01, 10 de mar., 2006b. Disponível em: <http://revistazcultural.pacc.ufrj.br/literatura-com-um-projeto-entrevista-com-heloisa-buarque-de-holanda/>. Acesso em: 23 out. 2019.

VIEIRA, M. Formas mínimas: minificção e literatura brasileira contemporânea. 2012. Tese – Doutorado em Letras – Centro de Letras e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Como Citar

Silva, D. C. da. (2020). As faces do narrador em Inferno Provisório, de Luiz Ruffato. Revista Criação & Crítica, (28), 188-202. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.i28p188-202