Encontros, imagens e cruzamentos no álbum Clube da Esquina (1972)

Autores

  • Rafael Barbosa Julião Universidade Federal do Rio de janeiro UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.i28p50-74

Palavras-chave:

Milton Nascimento, Clube da Esquina, canção popular

Resumo

Entre os anos 1960 e 1970, o encontro de Milton Nascimento com compositores de Belo Horizonte deu início a um circuito de criação coletiva de férteis consequências para a história da canção popular no Brasil. O movimento ficou conhecido como Clube da Esquina, bem como o disco que o tornou célebre. O objetivo deste artigo é analisar o álbum Clube da Esquina (1972), enquanto objeto estético íntegro, produto de uma elaboração coletiva, procedendo à apreciação das canções, com especial atenção às letras, mas também à narrativa que formam quando tomadas em conjunto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORGES, Márcio. Os sonhos não envelhecem: Histórias do clube da esquina. São Paulo: Geração Editorial, 2019.

CAMPOS, Augusto de. Balanço da bossa e outras bossas. São Paulo: Perspectiva, 1993.

COELHO, Frederico. Eu brasileiro confesso minha culpa meu degredo – cultura marginal no Brasil das décadas de 1960 e 1970. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

COHN, Sérgio. Nuvem cigana – poesia e delírio no Rio dos anos 70. (COHN, Sergio (org.). Rio de Janeiro: Azougue, 2007..

GILROY, Paul;HOLLANDA, Heloísa Buarque de. Impressões de viagem. São Paulo: Brasiliense, 1980.

GILROY, Paul; GONÇALVES, Marcos A. Cultura e participação nos anos 60. São Paulo: Brasiliense, 1987.

PEREIRA, Carlos Alberto M.. Retrato de época: poesia marginal anos 70. Rio de Janeiro: FUNARTE, 1981.

ROSZAK, Theodore. A contracultura. Trad. Donaldson M. Garschagen. Petrópolis: Vozes,

SUKMAN, Hugo. Histórias paralelas – 50 anos de música brasileira. Rio de Janeiro: casa da palavra, 2011.

TATIT, Luiz. A canção - eficácia e encanto. São Paulo: Atual, 1986.

______. O cancionista: composição de canções no Brasil. São Paulo: Edusp, 2002.

______. O século da canção. São Paulo: Ateliê, 2004.

VELOSO, Caetano. O mundo não é chato. [organização e apresentação Eucanaã Ferraz] – São Paulo, Companhia das Letras, 2005.

_____ . Verdade tropical. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

TELES, Gilberto Mendonça. Vanguarda europeia & Modernismo brasileiro. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Como Citar

Julião, R. B. (2020). Encontros, imagens e cruzamentos no álbum Clube da Esquina (1972). Revista Criação & Crítica, (28), 50-74. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.i28p50-74