[1]
G. E. Richinitti, “Literatura: o potencial humanizador da mais solitária das artes”, Rev. Cria. Crít., nº 28, p. 97-112, dez. 2020.