Bungart Neto, Paulo. “Quase autoficção: O Embrulho Misterioso Como Legado Do Pai Na Obra De Carlos Heitor Cony”. Revista Criação & Crítica, no. 17 (dezembro 22, 2016): 119–131. Acessado julho 23, 2024. https://www.revistas.usp.br/criacaoecritica/article/view/120781.