Notícias

Chamada de artigos para o dossiê n. 31: As literaturas de Língua Portuguesa e as práticas para a Educação Literária.

2022-12-16

A 5ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada em 2020, apresentou um dado preocupante: estima-se que 48% da população brasileira não é leitora. Vale apontar que, na pesquisa, caracteriza-se como pessoa leitora toda aquela que tenha lido, integralmente ou parcialmente, qualquer tipo de livro nos últimos três meses. Na mesma pesquisa, aponta-se que das 52% de pessoas leitoras, apenas 28% declararam ler livros de literatura. Os dados demonstram que, apesar do aumento da discussão acerca da Educação Literária no plano teórico e prático e do esforço de diversos agentes para a consolidação do hábito da leitura no plano nacional, em especial a leitura de Literatura, o quadro desta categoria permanece insatisfatório. 

Diante destas questões, a edição de número 31 da Revista Crioula recebe artigos e ensaios, de autoria de pessoas que cursam ou já concluíram o mestrado e doutorado e que discutam as Literaturas de Língua Portuguesa e as práticas que envolvem a Educação Literária.

Convém destacar que, ao tratar da Educação Literária, objetiva-se mobilizar a investigação  em seus planos teórico,  metodológico, político e social, como também a prática na formação de leitores, professores, pesquisadores, agentes mediadores de leitura, estudantes, dentre os demais promotores nesta área, em escolas, universidades, bibliotecas públicas ou privadas, etc. Resenhas, entrevistas e pequenos textos ficcionais em prosa e poemas também serão aceitos, desde que estejam de acordo com as normas de publicação da revista. Textos que não atendam às normas de submissão serão recusados, sendo assim, recomenda-se a leitura atenta e o atendimento cuidadoso às instruções e normas de publicação da Revista Crioula.

Prazo para submissão de textos originais: 15/03/2023

Publicação prevista para: junho/2023

Saiba mais sobre Chamada de artigos para o dossiê n. 31: As literaturas de Língua Portuguesa e as práticas para a Educação Literária.

Edição Atual

n. 30 (2022): Dossiê n. 30: Lésbicas nas Literaturas de Língua Portuguesa
					Visualizar n. 30 (2022): Dossiê n. 30: Lésbicas nas Literaturas de Língua Portuguesa

Por que nos perguntam se existimos? Esta inquietante pergunta é também o título de uma conferência ministrada pela escritora Marina Colasanti, em 1996, na Universidade de Illinois, em um evento sobre literatura de autoria feminina. 

A inquietante pergunta e a conferência não falam sobre lesbianidades. Nem tampouco falam sobre lesbianidades as outras 11 conferências do referido evento, mas poderiam. A constante pergunta se existe autoria e literatura feminina é sempre complexa. Afirmar com veemência é um risco que se corre diante das fáceis respostas essencialistas, negá-la, porém, é se colocar diante do abismo do neutro universal, de onde emergem apenas as ideias da norma heterossexual, branca, cisgênera, entre outras. Neste caso, como em outros espaços voltados ao feminino na literatura, ainda pairam certos silêncios, estagnados ou reflexivos. 

Nos convém perguntar, como já o fizera Beatriz Suares Briones, em torno da obra de Monique Wittig: As lésbicas não são mulheres? (2013). Se sim, onde elas estão nos estudos sobre a autoria feminina ou na análise das personagens na literatura? Se não, onde estão as análises literárias que expliquem suas divergências, diferenças e oposições enquanto autoria e representação? 

Visto que tais perguntas não simplificam, pelo contrário, são multifacetadas e parecem agregar complexidades que se interseccionam, a edição de número 30 da Revista Crioula recebe artigos e ensaios, de autoria de mestrandas/os, mestras/es, doutorandas/os e doutoras/es, que discutam as produções de autoria e/ou com representações lésbica nas Literaturas de Língua Portuguesa.

Publicado: 2022-12-29

Edição completa

Editorial

  • Editorial

    João Luiz Xavier Castaldi, Claudiana Gois dos Santos, Oluwa Seyi Salles Bento
    9-12

Poesia, Contos e outras Prosas

Ver Todas as Edições