Machado lê Camões: releitura de poesia na clave do descontentamento

  • Vagner Leite Rangel Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Emulação. Releitura. Soneto. Camões. Machado.

Resumo

Objetiva-se apresentar a emulação do soneto petrarquiano num poema de Luís Vaz de Camões (1524-1580) e de Machado de Assis (1839-1908). Para tanto, recorre-se à ideia de emulação, presente nos textos críticos de Machado de Assis, para então apreciarmos “Alma gentil, que te partiste”, apropriação camoniana daquele tipo de soneto, e “A Carolina”, apropriação machadiana da tradição, tanto no aspecto formal (o soneto petrarquiano) quanto no aspecto conteudístico (o soneto camoniano), inspiração de “A Carolina”. Hipótese principal: a forma soneto serviria ao eu-lírico camoniano para homenagear a amada, ao passo que serviria ao machadiano para anunciar a dimensão de seu infortúnio irreparável, imprimindo ao soneto um tom elegíaco. Conclusão: sob o ponto de vista quinhentista, Camões expressaria o descontentamento e encontraria a sua solução no lenitivo religioso, mas, sob o ponto de vista moderno, este será recusada por Machado, que dará, como veremos, outra solução ao problema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vagner Leite Rangel, Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Mestrando em Teoria literária e Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Referências

ASSIS, Machado de. Instinto de Nacionalidade. In: Obra completa. 2. ed. v. III. Nova Aguiar, 1962, pp. 801-808.

______. A Nova Geração. In: Obra completa. 2. ed. v. III. Nova Aguiar, 1962, pp. 809-836.

______. A Carolina. In: Obra completa. 2. ed. v. II. Nova Aguiar, 1962, pp. 658.

AUTRAN, Paulo. Paulo Autran lê Fernando Pessoa. In: Literatura em voz alta. Programa de da Rádio Batuta. Instituto Moreira Salles. Disponível: http://www.radiobatuta.com.br/Episodes/view/166 Acessado em 04 set. 15.

BENJAMIN, Walter. O narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. Magia e técnica, arte e política Ensaios sobre literatura e história da cultura. 3 ed. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. Obras escolhidas. Rio de Janeiro: Brasiliense, 1994, p. 197-221.

MOISÉS, Massaud. Dicionário de termos literários. São Paulo: Cultrix, 2013.

CAMÕES, Luís Vaz. In: Lírica: Luís de Camões. São Paulo: Cultrix, s/d.

ROCHA, João Cezar de Castro. Machado de Assis: por uma poética da emulação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.

TEIXEIRA, Ivan. Apresentação de Machado de Assis. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

Publicado
2016-06-29
Como Citar
Rangel, V. (2016). Machado lê Camões: releitura de poesia na clave do descontentamento. Revista Crioula, (17). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2016.108946