Comunicação, Educação e Arte - Interfaces para o enfrentamento do racismo

  • Rosangela Malachias Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (FEBF) Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Palavras-chave: intelectuais, afrobrasileiros, reconhecimento, arte, humanidade

Resumo

Apesar do racismo e da recusa ideológica em reconhecer a arte que produzem, os intelectuais e artistas brasileiros projetam discursos e representações sociais e estéticas que demonstram a contínua afirmação de sua humanidade.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Malachias, Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (FEBF) Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Professora Adjunta da UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Mestre em Integração da América Latina pelo Programa de Pós Graduação em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo (PROLAM/USP). Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pelas Faculdades Integradas Alcântara Machado. Pesquisadora do Núcleo de Apoio a Pesquisa e Estudos Interdisciplinares sobre o Negro Brasileiro da Universidade de Sao Paulo (NEINB-USP) e do Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP) da ECA-USP. Docente dos cursos do Centro de Estudos Africanos da Universidade de São Paulo (CEA-USP).

Referências

ALMADA, Sandra – Abdias do Nascimento. São Paulo, Selo Negro, 2009.

A Mão Afro-brasileira - Significado da Contribuição Artística e Histórica – Emanuel Araújo (Org.), Rio de Janeiro, Editora Tenenge, 1988.

BASTIDE, R. E FERNANDES, F. - O preconceito racial em São Paulo - projeto de estudo. In: Sedi Hirano (org.) - Pesquisa social e projeto de planejamento, São Paulo, T.A. Queiroz, 1988, 2a. ed.

BERND, Zilá - O que é Negritude - São Paulo, Brasiliense, 1988.

BERND, Zilá- Negritude e literatura na América Latina - Porto Alegre, Mercado Aberto, 1987.

BHABHA, Homi K – O lugar da Cultura. Belo Horizonte, Editora UFMG, 2013.

BIKO, Stevie – Escrevo o que eu quero, São Paulo, Editora Ática1990.

BIKO, Stevie – I write what I want. South Africa, Picado Africa, 2008.

CAMARGO, Oswaldo – Raiz de um Negro Brasileiro. São Paulo, Ciclo Contínuo, 2015.

CAMARGO, Oswaldo – Oboé. São Paulo, Editora Com Arte, 2014.

CAMARGO, Oswaldo – Solano Trindade, poeta do povo. São Paulo, Aproximações USP - Com Arte Editora, 2009.

CAMARGO, Oswaldo – A descoberta do Frio. Apresentação: Clóvis Moura. São Paulo, Ed. Rowitha Kempf, 1979.

CARDOSO, Hamilton – História recente, dez anos de movimento negro. Teoria e Debate – Sociedade No. 2 (março/1988).

DAMACENO, Janaína - Os Segredos de Virgínia: Estudo de Atitudes e Teorias Raciais na São Paulo dos anos 1940-1950 – FFLCH-USP, 2013.

DELORS, Jacques, Educação: um tesouro a descobrir – relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. Trad. José Carlos Eufrázio. Brasília/São Paulo: MEC/UNESCO/Cortez, 4ª ed., 2000.

FANON, Frantz - Pele negra, máscara branca - Rio de Janeiro, Fator, 1980.

FRENKERBERG, Ruth – A mirada de uma branquidade não marcada. In: Branquidade Identidade Branca e Multiculturalismo – Vron Ware (Org.), Rio de Janeiro, Garamond Universitária, 2004.

FREIRE, Paulo – Extensão ou Comunicação? Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1980.

GONZALEZ, Lélia e Hasenbalg, Carlos A. - Lugar de Negro, Rio de Janeiro, Editora Marco Zero, 1982.

GRAMSCI, Antonio – Obras escolhidas – trad. Manuel Cruz; revisão Nei da Rocha Cunha. São Paulo, Martins Fontes, 1978.

HALL, Stuart - A identidade cultural na pós-modernidade, Rio de Janeiro, DP&A Editora, 1ª edição em 1992, 11ª edição em 2006.

ILHA, Maria (ANTONIETA DE BARROS) – Farrapos de Idéias, Florianópolis, 2001.

LEITE, José Correia Leite – E disse o velho militante. Cuti(org.) São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura, 1990.

MALACHIAS, Rosangela – Talking about Intersections of Gender, Race and Class in the Training of Public Teachers in São Paulo, Brazil. In: Women Leading Education across the Continents: Overcoming the Barriers. Editors Elizabeth C. Reily & Quirin J Bauer. Nova York – Toronto, Rowman and Little Field, 2015.

MALACHIAS, Rosangela – A dinâmica do tempo nos vestígios da Travessia. In: JMM Fortuna Crítica vol. 4 – Clarissa Josgrilberg Pereira, Eduardo Amaral Gurgel, Iury Parente Aragão e Osvando J. Moraes (Orgs), São Paulo, INTERCOM, 2015, PP. 121-132.

MALACHIAS, Rosangela – Diálogos Pedagógicos e Práticas Educomunicativas e Uma Episteologia Afrorasiileira na Formação Docente e Gestora no Município de São Paulo. Revista FSA (Faculdade Santo Agostinho), 2014, v. 11, p. 39-64. ISSN Impresso – 1806-6356 – ISSN Eletrônico: 2317-2983.

MALACHIAS, Rosangela – Communicative Actions. Brazilian Women in Educational Leadership. In: Women Leading Education Across the Continents – Sharing the Spirit, Fanning the Flame. Edited by Helen C. Sobehart foreword by Charles Dougherty. Lanham, New York, Torornto, Plymouth, UK, American Association of School Administrators, 2009, 230pp.

MALACHIAS, Rosangela - Cabelo Bom, Cabelo Ruim – In – Percepções da Direreça – Brancos e Negros na Escola. São Paulo, Terceira Margem Editora, 2009 – vol. 4.

MALACHIAS, Rosangela – Práticas educomunicativas e Teorias interdisciplinares no combate ao racismo - Revista Identidade Científica do Grupo de Pesquisa GEPEC – Faculdade de Comunicação Social de Presidente Prudente – UNOESTE – vol. 01 – número 03 – Novembro de 2004 – ISSN 1678-0787 – p.68-73.

NASCIMENTO, Abdias – O Genocídio do Negro Brasileiro. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1978.

NASCIMENTO, Abdias – O Quilombismo. Rio de Janeiro: Petrópolis, Vozes, 1980.

NASCIMENTO, Abdias - Teatro Experimental do Negro: trajetória e reflexões. Estudos Avançados 18 (50), 2004.

ONWUACHI-WILLIG, Angela - 'I Wish I Were Black' and Other Tales of Privilege - The Chronicle of Higher Education. In: The Chronicle of the Higher Education – October, 28th 2013. In - Diversity in Academe (http://m.chronicle.com/section/Diversity-in-Academe/759) – Copyright 2015. [Acesso em março de 2015].

OSBORNE, Linda Barret – Women who dare – Women of Civil Rights Movement, San Francisco, Pomegranate; Washington DC, Library of Congress, 2006.

ORTIZ, Fernando – Por la integración cubana de blancos y negros, In Orbita de Fernando Ortiz, La Habana, Col. Órbita, Ediciones Uneac, 1973 p.181-191.

PINTO, Ana Flávia Magalhaes – A Imprensa Negra no Século XIX. São Paulo, Selo Negro, 2010.

SAID, Edward W. – Cultura e Imperialismo. São Paulo, Companhia das Letras, 2001.

SANTOS, Milton – Por uma outra globalização – do pensamento único ao pensamento universal. Rio de Janeiro, Record, 2002.

SHÖN, Donald A. Educando o Profissional Reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Trad. Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed, 2000, 256p.

SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves e – Aprendizagem e Ensino das Africanidades Brasileiras. In: Superando o Racismo na Escola – Kabengele Munanga (org.), Brasília, MEC-SECAD, 2005.

SPLIT IMAGE AFRICAN AMERICANS IN THE MASS MEDIA – Edited by Jannete L. Dates and William Barlow, Washington DC, Howard University Press, 1993.

Publicado
2017-06-30
Como Citar
Malachias, R. (2017). Comunicação, Educação e Arte - Interfaces para o enfrentamento do racismo. Revista Crioula, 1(19), 17-36. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2017.133967