As africanidades na literatura infantil contemporânea

Autores

  • Cristiane Veloso de Araujo Pestana Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2020.170170

Palavras-chave:

Literatura Infantil, Africanidades, Identidade

Resumo

O presente artigo busca observar como a Literatura Infantil contemporânea trata dos temas relativos à diáspora africana, levando em consideração os aspectos culturais e identitários do povo negro. Como objeto de pesquisa escolhemos dois livros: Os tesouros de Monifa da autora brasileira Sonia Rosa e As tranças de Bintou da escritora francesa Sylviane Anna Diouf. Ambas as histórias retratam a afetividade e a valorização da família e de suas heranças culturais. Porém uma é situada no contexto africano e a outra narrada em solo brasileiro.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Veloso de Araujo Pestana, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduada em Letras com Especialização em Literatura e Cultura Afro-brasileira e mestranda em Estudos Literários pela Universidade Federal de Juiz de Fora.

Referências

BARCELLOS, Sérgio. Arquivando Carolina... In: JESUS, Carolina Maria; DINHA e FERNANDEZ, Rafaella (Orgs). Onde estaes Felicidade? São Paulo: Me Parió Revolução, 2014.

BARREIROS, Ruth Ceccon; VIEIRA, Nancy Rita Ferreira. Literatura Infantil para uma Formação Leitora Multicultural. Revista Línguas e Letras, v.12, n.23, 2011. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaseletras/article/view/5981/4916 Acesso em: 8 Abr 2018.

BRASIL, Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnicos Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2004.

CAGNETI, Sueli de Souza; SILVA, Cleber Fabiano. Literatura Infantil Juvenil: diálogos Brasil-África. Belo Horizonte: Autêntica editora, 2013.

CAVALLEIRO, Eliane. Do Silêncio do lar, ao silêncio escolar: racismo, preconceito e discriminação na educação infantil. São Paulo: Contexto, 2006.

CUTI. Literatura negro-brasileira. São Paulo: Selo Negro Edições, 2010.

DALCASTAGNÈ, Regina. A personagem negra na literatura brasileira contemporânea. Belo Horizonte: UFMG, 2011.

DALCASTAGNÈ, Regina. Entre silêncios e estereótipos: relações raciais na literatura brasileira contemporânea. Estudos de literatura brasileira contemporânea, v. 31, p. 87-110, 2008. Disponível em: <http://seer.bce.unb.br/index.php/estudos/article/viewFile/2021/1594>. Acesso em: 06 abr 2019.

DEBUS, Eliane Santos. A literatura infantil contemporânea e a temática étnico-racial: mapeando a produção. Anais do 16º Congresso de Leitura do Brasil - Seminário de Literatura Infantil e Juvenil, 2007.

DIOUF, Sylviane A. As tranças de Bintou. Ilustrações Shane W. Evans. Tradução Charles Cosac. 2. ed. São Paulo: Cosac naify, 2010.

GILROY, Paul. O Atlântico Negro: Modernidade e dupla consciência. 2ª. Ed. São Paulo: Editora 34, 2012.

GLISSANT, Édouard. Introdução a uma Poética da Diversidade. Tradução Enilce Albergaria Rocha. Juiz de Fora: UFJF, 2005.

GOMES, Nilma Lino. O movimento negro no Brasil: ausências, emergências e a produção dos saberes. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/politica/article/view/2175-7984.2011v10n18p133> Acesso em: 04 abr 2016.

GOMES, Nilma Lino. Sem perder a raiz – corpo e cabelo como símbolos da identidade negra. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

HALL, Stuart. Da Diáspora: Identidades e mediações Culturais. Liv Sovik (Org). Tradução Adelaide La Guardia Rezende... [et all]. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

JESUS, Carolina Maria de. O Sócrates africano. In: MEIRY, José Carlos Sede Bom; LEVINE, Robert M. Cinderela negra: a saga de Carolina Maria de Jesus. Rio de Janeiro: UFRJ, 1994.

LIMA, Heloísa Pires. Personagens negros: um breve perfil na literatura infanto/juvenil. In: MUNANGA, Kabengele (Org). Superando o racismo na escola. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental, 2001.

MEIRY, José Carlos Sede Bom; LEVINE, Robert M. Cinderela negra: a saga de Carolina Maria de Jesus. Rio de Janeiro: UFRJ, 1994.

MUNANGA, Kabengele; GOMES, Nilma. O negro do Brasil de hoje. 2.ed. São Paulo: Global, 2016.

OLIVEIRA, Cristiane Madanêlo. As pequenas grandes coisas da vida: A África que se mostra ao Brasil. São Paulo, 2011. Disponível em . Acesso em: 20 abr 2019.

OLIVEIRA, Eduardo. Africanidades. In: SILVA, Cidinha (Org). Africanidades e Relações raciais: Insumos para Políticas Públicas na área do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca no Brasil. Brasília: Fundação Cultural Palmares, 2014.

OLIVEIRA, Maria Anória de Jesus. Educação, Literatura infanto-juvenil e relações étnico-raciais. Cadernos Imbondeiro. João Pessoa, v.4, n.2, dez.2015.

PEREIRA, Edimilson de Almeida. Malungos na escola: questões sobre culturas afrodescendentes e educação. 2ª. Edição. São Paulo: Paulinas, 2010.

PEREYRA, Susy Mara R.C. A vida negra e as negras metáforas de Carolina Maria de Jesus no quarto de despejo. Trabalho apresentado para conclusão do curso de Letras apresentado a Universidade Estadual de Feira de Santana em 2018. Disponível em: http://www.letrasespanhol.uefs.br/arquivos/File/SUSYMARARIBEIROCERQUEIRAPEREYRA.pdf Acesso em: 08 maio 2020.

PRANDI, Reginaldo. As religiões afro-brasileiras nas ciências sociais: uma conferência, uma bibliografia. Revista brasileira de informação bibliográfica em Ciências Sociais. São Paulo, p.7-30, 2007. Disponível em: http://www.anpocs.com/index.php/edicoes-anteriores/bib-63/592-bib-63-integra/file

ROSA, Sonia. Os tesouros de Monifa. São Paulo: Brinque-book, 2009.

SANTIAGO, Ana Rita. O tear de memórias poéticas de Carolina Maria de Jesus. Revista Fórum Identidades. Itabaiana: Gepiadde, ano 10, vol.21, mai-ago 2016. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/forumidentidades/article/view/5880/4887 Acesso em: 08 maio 2020.

Downloads

Publicado

2020-07-27

Como Citar

Pestana, C. V. de A. (2020). As africanidades na literatura infantil contemporânea. Revista Crioula, (25), 286-300. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2020.170170

Edição

Seção

Dossiê 25: Literaturas de língua portuguesa para crianças e jovens