A Dança das formas em Perisséia , de Tom Zé e Macunaíma, de Mário de Andrade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2020.177079

Palavras-chave:

Música, Literatura, Tom Zé, Mário de Andrade

Resumo

O presente trabalho visa comparar a forma composicional da canção, “Perisséia” de Tom Zé à de Macunaíma: o herói sem nenhum caráter, de Mário de Andrade. Conforme espera-se demonstrar, a canção do músico baiano estabelece uma homologia criativa com os princípios formais do livro do escritor modernista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alex Alves Fogal, UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais CEFET/MG - Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Doutor em literatura brasileira pelo programa de pós-graduação em estudos literários da UFMG. Professor efetivo de literatura brasileira no CEFET-MG. Email: alexfogal@yaho.com.br

Referências

ADORNO, Theodor W. Filosofia da Nova Música. 3ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2009.

ADORNO, Theodor W. Teoria Estética. Coimbra: Edições 70, 2011.

ANDRADE, Mario de. Macunaíma: o herói sem nenhum caráter. Rio de Janeiro: Mediafashion, 2008. (Coleção folha grandes escritores brasileiros).

AUERBACH, Erich. Ensaios de Literatura Ocidental: filologia e crítica. São Paulo: Duas cidades, 2007.

BOSI, Alfredo. “Situação de Macunaíma”. In: BOSI, Alfredo. Céu e Inferno: Ensaios de crítica literária e ideologia. 2.ed. São Paulo: Editora 34, 2010. p. 187-207.

CANDIDO, Antonio. O discurso e a Cidade. 4ed. Rio de Janeiro: Ouro Sobre azul, 2010.

CASCUDO, Luís da Câmara. Lendas Brasileiras. São Paulo: Global Editora, 2015.

DUNN, Christopher. Fazendo cócegas nas tradições: o samba disjuntivo de Tom Zé.In: Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, Brasil, n. 70, p. 149-165, ago. 2018.

FREIRE, Guilherme Araújo. Tom Zé e o elogio à imperfeição: uma breve análise do disco Com Defeito de Fabricação. In: Revista brasileira dos estudos da canção, Natal, n.3, p.24-37, Jan-Jun, 2013.

GOMES, Paulo Emilio Sales. Cinema: trajetória no subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996. (Coleção Leitura).

PROENÇA, Manuel Cavalcanti. Roteiro de Macunaíma. 6ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1987.

SOUZA, Gilda de Mello e. O tupi e o alaúde: uma interpretação de Macunaíma. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2003.

Downloads

Publicado

2021-03-24

Como Citar

Fogal, A. A. (2021). A Dança das formas em Perisséia , de Tom Zé e Macunaíma, de Mário de Andrade. Revista Crioula, 26(1), 23-36. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2020.177079

Edição

Seção

Dossiê 26: Relações entre literatura e música na produção de língua portuguesa