RITO DE PASSAGEM NA LITERATURA PARA JOVENS: ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE AS OBRAS DE LINO DE ALBERGARIA E JOSÉ GOMES FERREIRA

  • Sérsi Bardari Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: comparativismo, mito do herói, rito de iniciação, conto maravilhoso

Resumo

AVENTA-SE, POR MEIO DESTE ARTIGO, A POSSIBILIDADE DE UM ESTUDO COMPARATIVO ABORDANDO AS SEGUINTES QUESTÕES: MITO VERSUS OBRA NACIONAL; MITO VERSUS OBRA ESTRANGEIRA; OBRA NACIONAL VERSUS OBRA ESTRANGEIRA, SEGUNDO DUAS OBRAS DE LITERATURA JUVENIL EM LÍNGUA PORTUGUESA: O RELÓGIO DO MUNDO, DO BRASILEIRO LINO DE ALBERGARIA, E AVENTURAS DE JOÃO SEM MEDO: PANFLETO MÁGICO EM FORMA DE ROMANCE, DO PORTUGUÊS JOSÉ GOMES FERREIRA. ESCRITAS EM ÉPOCAS DIFERENTES — 1989 E 1933, RESPECTIVAMENTE —, CONSIDERANDO QUE AMBAS SE UTILIZAM, COMO BASE DE CONSTRUÇÃO DE SENTIDO, O MITO DO HERÓI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérsi Bardari, Universidade de São Paulo (USP)
Mestre em Filologia e Língua Portuguesa, doutorando em Estudos Comparados de Literatura de Língua Portuguesa.
Publicado
2008-05-01
Como Citar
Bardari, S. (2008). RITO DE PASSAGEM NA LITERATURA PARA JOVENS: ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE AS OBRAS DE LINO DE ALBERGARIA E JOSÉ GOMES FERREIRA. Revista Crioula, (3). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2008.54020
Edição
Seção
Artigos e ensaios