CAMILO CASTELO BRANCO E HONORÉ DE BALZAC: DE INFLUÊNCIAS CULTURAIS E POETAS FORTES

Autores

  • Ana Luísa Patrício Campos de Oliveira Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2010.55247

Palavras-chave:

Honoré de Balzac, Camilo Castelo Branco, Influência cultural, Crítica social

Resumo

COM VISTAS A UM ESTUDO LITERÁRIO COMPARATIVISTA DESPOJADO DE NOÇÕES DE FONTE, INFLUÊNCIA E DEPENDÊNCIA CULTURAL, OBJETIVAMOS AQUI MOSTRAR COMO OS AUTORES OITOCENTISTAS HONORÉ DE BALZAC E CAMILO CASTELO BRANCO VEICULAM SUAS RESPECTIVAS CRÍTICAS SOCIAIS AO MATERIALISMO PREPONDERANTE NO SÉCULO XIX DE MODOS DISTINTOS E INOVADORES. PARA TANTO, ANALISAREMOS BREVEMENTE DOIS ROMANCES, O BALZAQUIANO EUGÉNIE GRANDET E O CAMILIANO ONDE ESTÁ A FELICIDADE?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Luísa Patrício Campos de Oliveira, Universidade de São Paulo (USP)

Doutoranda.

Downloads

Publicado

2010-05-01

Como Citar

Oliveira, A. L. P. C. de. (2010). CAMILO CASTELO BRANCO E HONORÉ DE BALZAC: DE INFLUÊNCIAS CULTURAIS E POETAS FORTES. Revista Crioula, (7). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2010.55247