“TEXTO, LUGAR QUE VIAJA” – LEITURA EM DESCOBERTA DA OBRA DE MARIA GABRIELA LLANSOL

  • Érica Zíngano Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Obra, Leitura em descoberta, Texto-viagem, Llansol

Resumo

A OBRA DE MARIA GABRIELA LLANSOL É CERCADA POR ALGUNS PRECONCEITOS, PROCURANDO DESCONSTRUIR ALGUMAS DESSAS IMPRESSÕES NEGATIVAS, ESTE ARTIGO TENTA ESTABELECER UMA INTIMIDADE COM A OBRA, ATRAVÉS DE GUIMARÃES ROSA E CLARICE LISPECTOR, NO RISCO DE QUALQUER LEITURA EM DESCOBERTA – AFINAL, QUEM NÃO GOSTA DE CORRER RISCOS? SE O “TEXTO” É O “LUGAR QUE VIAJA”, VEJAMOS PARA ONDE NOS LEVA A ESCRITA PRATICADA POR LLANSOL, JÁ QUE “UMA FICÇÃO NÃO PODE SER SIMPLES, É O ENCONTRO INESPERADO DO DIVERSO.”

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érica Zíngano, Universidade de São Paulo (USP)
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Portugueses da Universidade de São Paulo, onde pesquisa a poética de Maria Gabriela Llansol, a partir de Onde vais, drama-poesia?. O presente artigo foi desenvolvido com o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES.
Publicado
2010-11-01
Como Citar
Zíngano, Érica. (2010). “TEXTO, LUGAR QUE VIAJA” – LEITURA EM DESCOBERTA DA OBRA DE MARIA GABRIELA LLANSOL. Revista Crioula, (8). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2010.55309