TEATRO-NAÇÃO: O ÉPICO NA DRAMATURGIA DE AUGUSTO SOBRAL

  • Agnaldo Rodrigues da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
Palavras-chave: teatro, sociedade, política

Resumo

O TEXTO OS DEGRAUS, DO PORTUGUÊS AUGUSTO SOBRAL, FOI PUBLICADO EM 1964, MOMENTO DE INTENSA OPRESSÃO DO SISTEMA DE GOVERNO VIGENTE EM PORTUGAL. NOTADAMENTE CONTESTADORA, ESSA EXEMPLARIDADE DA MODERNA DRAMATURGIA PORTUGUESA INSTAURA UMA NOVA FORMA DE PRODUÇÃO TEATRAL, POR MEIO DA REVITALIZAÇÃO DE MITOS PARA DISCUTIR O PRESENTE. NESSA DIREÇÃO, O TEXTO DISCUTE O MITO DE PROMETEU (PERSONAGEM QUE REPRESENTA OS ANSEIOS DOS PORTUGUESES) EM ESPAÇO E TEMPO MODERNO, MEIO A ESTAGNAÇÃO CULTURAL DA SOCIEDADE PORTUGUESA DA DÉCADA DE 1960. LEVAM-SE AOS PALCOS, DESSE MODO, O CONFRONTO ENTRE O CAPITALISMO E O SOCIALISMO, CRIANDO O ESPAÇO NECESSÁRIO PARA A DISCUSSÃO DE CONCEPÇÕES IDEOLÓGICAS. DE OUTRO MODO, A PEÇA OS DEGRAUS INCLUIU SOBRAL NO CÂNONE DA LITERATURA DE LÍNGUA PORTUGUESA, COMO TEXTO CÊNICO, CUJA ESTÉTICA REVIGORA ELEMENTOS FUNDAMENTAIS DO GÊNERO, COMO, POR EXEMPLO, A CENOGRAFIA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Agnaldo Rodrigues da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
Docente do Programa de Mestrado em Estudos Literários – PPGEL, da Universidade do Estado de Mato Grosso. Coordenador do Centro de Pesquisa em Literatura da UNEMAT e Coordenador do Grupo de Pesquisa em Estudos da Arte e da Literatura Comparada CNPq.
Publicado
2011-11-01
Como Citar
Silva, A. (2011). TEATRO-NAÇÃO: O ÉPICO NA DRAMATURGIA DE AUGUSTO SOBRAL. Revista Crioula, (10). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2011.55480