[1]
K. da S. A. Carvalho, “A dupla colonização da mulher nos romances O Alegre Canto da Perdiz, de Paulina Chiziane, e Jesusalém, de Mia Couto”, Rev. Crioula, nº 24, p. 183-192, dez. 2019.