[1]
J. P. de Freitas, “PARIS EM QUATRO ESTAÇÕES”, Rev. Crioula, nº 5, maio 2009.