As ilhas dos contos desconhecidos: "A morte de Julião" e "O Sr. Cristo"

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v14i28p159-172

Palavras-chave:

José Saramago, Período formativo, Contos

Resumo

As primeiras obras de José Saramago, feitas no final da década de 1940, revelam um jovem escritor em busca de uma forma de expressão. Após o romance "Terra do Pecado", dois contos foram publicados em revistas, revelando algumas características que se desenvolverão em seus romances consagrados. Embora esses narradores e personagens não sejam tão profundamente construídos, elementos como a inquietação pela falta de algo ou a necessidade de agir para reverter essa ausência são sugeridos nesses textos e ajudam a ter uma visão mais ampla da literatura de Saramago.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Saulo Gomes Thimóteo, Universidade Federal da Fronteira Sul

Professor na Universidade Federal da Fronteira Sul. Doutor em Letras pela Universidade de São Paulo. Mestre em Letras pela Universidade Federal do Paraná.

Referências

BARTHES, Roland. O rumor da língua. Rio de Janeiro: Brasiliense, 1988.

COSTA, Horácio. José Saramago – o período formativo. Lisboa: Caminho, 1997.

REIS, Carlos. Diálogos com José Saramago. Lisboa: Caminho, 1998.

SARAMAGO, José. “A morte de Julião”. Ver e crer, Lisboa, nº 39, p. 89-90, julho 1948.

SARAMAGO, José. “O Sr. Cristo”. In: Seara nova, Lisboa, n. 1158-59, p. 89-90, março 1950.

SARAMAGO, José. Folhas políticas (1976-1998). Lisboa: Caminho, 1999.

Downloads

Publicado

2022-12-01 — Atualizado em 2022-12-01

Versões

Como Citar

Thimóteo, S. G. (2022). As ilhas dos contos desconhecidos: "A morte de Julião" e "O Sr. Cristo". Revista Desassossego, 14(28), 159-172. https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v14i28p159-172