PALAVRAS ESCURAS, LUZ DO CANTO: VITORINO NEMÉSIO E O DECADENTISMO-SIMBOLISMO

Autores

  • Leonardo de Barros Sasaki Mestrando Literatura Portuguesa, Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v2i3p116-127

Palavras-chave:

Symbolism, Decadent Movement, Sermo humilis

Resumo

Este estudo tem por objetivo contextualizar, dentro da modernidade em sua tendência decadente, a obra poética de Vitorino Nemésio, particularmente sua lírica inicial, que usualmente é associada à nostalgia de sua juventude açoriana. Ao analisarmos os poemas, procuramos responder as perguntas: a) quais as possibilidades de se ler o Modernismo buscando suas raízes na tradição simbolista-decadentista?; e b) de que maneira questões importantes ao "fin-de-siècle" passaram ao Modernismo e foram exploradas por Nemésio, estabelecendo intersecções e rupturas?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-10

Como Citar

Sasaki, L. de B. (2010). PALAVRAS ESCURAS, LUZ DO CANTO: VITORINO NEMÉSIO E O DECADENTISMO-SIMBOLISMO. Revista Desassossego, 2(3), 116-127. https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v2i3p116-127