A FACE ALEGÓRICA DA HISTÓRIA EM PEREGRINAÇÃO DE BARNABÉ DAS ÍNDIAS, DE MÁRIO CLÁUDIO

Autores

  • Maria Cecília Rogers Paranhos Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v5i10p62-73

Palavras-chave:

Literatura Portuguesa Contemporânea, alegoria, história

Resumo

O presente estudo pretende evidenciar em Peregrinação de Barnabé das Índias (1998), do escritor português Mário Cláudio, a presença de uma narrativa que constrói alegoricamente a primeira viagem marítima dos portugueses às Índias sob a liderança de Vasco da Gama. Nesta construção, será revelada uma nova face para a História, delineada em suas ruínas e, para a compreensão desse ponto de vista, serão trazidos os conceitos de alegoria e história, como o Barroco os concebeu, à luz dos estudos de Walter Benjamin em Origem do drama barroco alemão (1984).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cecília Rogers Paranhos, Universidade Federal Fluminense

Mestre em Estudos de Literatura, área de conhecimento Literatura Portuguesa e Literaturas africanas de língua portuguesa, pela Universidade Federal Fluminense. Dissertação "Biografia e ficção: a dimensão lúdica n'As batalhas do Caia, de Mário Cláudio", defendida em 31/08/2012, sob a orientação da Profª Drª Dalva Calvão.

 

Referências

ÁVILA, Affonso. O lúdico e as projeções do mundo barroco. São Paulo: Perspectiva, 1980.

BENJAMIN, Walter. Origem do drama barroco alemão. Tradução Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1984.

CALVÃO, Dalva. Narrativa biográfica e outras artes: reflexões sobre escrita literária e criação estética na Trilogia da mão, Mário Cláudio. Niterói: Eduff, 2008.

______. Viagem e Morte em Peregrinação de Barnabé das Índias, de Mário Cláudio. O Marrare – Revista da Pós-Graduação em Literatura Portuguesa da UERJ. On line: www.omarrare.uerj.br/numero9/dalva.html. Acesso em 20/12/2010.

CAMÕES. Luís de. Os Lusíadas. Lisboa: Porto Editora, 5ª edição, s/d.

CLÁUDIO, Mário. Peregrinação de Barnabé das Índias. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1997.

DIDI-HUBERMAN, George. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998 [1a. Reimpressão 2005].

KONDER, Leandro. Walter Benjamin: o marxismo da melancolia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

LA BARCA, Pedro Calderón de. A vida é sonho. Tradução de Renata Pallottini (Org). Editora hedra, 2007.

MARAVALL, José Antonio. A cultura do barroco: análise de uma estrutura histórica. Tradução Silvana Garcia. São Paulo: EDUSP, 1997.

SARDUY, Severo. Barroco. Tradução Maria de Lurdes Júdice e José Manuel de Vasconcelos. Lisboa: Vega, 1989.

Downloads

Publicado

2013-12-18

Como Citar

Paranhos, M. C. R. (2013). A FACE ALEGÓRICA DA HISTÓRIA EM PEREGRINAÇÃO DE BARNABÉ DAS ÍNDIAS, DE MÁRIO CLÁUDIO. Revista Desassossego, 5(10), 62-73. https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v5i10p62-73

Edição

Seção

Vária