A Vaidade de Montaigne

Autores

  • Luiz Antonio de Montaigne Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia – MG.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.1994.37981

Palavras-chave:

Montaigne, ceticismo, Renascimento, Reforma

Resumo

Problematizando a confissão de Montaigne sobre a vaidade que encontra em si mesmo, na Apologia de Raymond Sebond, tentamos defender a hipótese de estarmos diante de uma estratégia retórica, possivelmente destinada a ocultar posição cética do autor perante os costumes religiosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Antonio de Montaigne, Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia – MG.

 Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia – MG e aluno de Pós-Graduação do Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

1994-06-09

Como Citar

Montaigne, L. A. de. (1994). A Vaidade de Montaigne. Discurso, (23), 25-52. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.1994.37981

Edição

Seção

Nao definda