A correspondência entre Espinosa e Burgh

  • Paulo Vieira Neto Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Palavras-chave: Teologia, Igreja Católica, fé, Espinosa, conversão religiosa, razão, heresia

Resumo

 O artigo procura analisar a correspondência entre Espinosa e A. Burgh, um recém-convertido ao catolicismo. Além de alguns aspectos teóricos da correspondência, são tratados os argumentos que Burgh apresenta em favor da autoridade dos artigos de fé e da Igreja, e da necessidade de conversão religiosa de Espinosa, contrapostos aos argumentos racionais baseados no que Espinosa chama de "minha filosofia”  (mea philosophia).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Vieira Neto, Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Publicado
2000-12-09
Como Citar
Vieira Neto, P. (2000). A correspondência entre Espinosa e Burgh. Discurso, (31), 463-496. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.2000.38050
Seção
Nao definda