(1)
Krempel, R. Porque Wittgenstein Não Refuta O Ceticismo. Discurso (São Paulo) 2019, 49, 233–252.