[1]
B. Waldman, “Abismo de rosas: uma metáfora vertiginosa?”, Discurso (São Paulo), vol. 7, nº 7, p. 239-244, ago. 1976.