[1]
C. Shepherdson, “Uma libra de carne: a leitura lacaniana d’O visível e o invisível”, Discurso (São Paulo), nº 36, p. 95-126, jun. 2007.