Exploração do potencial hidrelétrico da Amazônia

  • José Galizia Tundisi Instituto Internacional de Ecologia
Palavras-chave: Amazônia, Hidrelétrica, Preservação

Resumo

A continuidade da atual matriz energética brasileira implica uma expansão da exploração de hidroenergia na Amazônia, onde se encontram 52% do potencial hidroenergético. A conciliação da produção de hidreletricidade com a preservação da região amazônica e da biodiversidade é um dos grandes desafios dos próximos trinta anos. A região amazônica, com seus inúmeros tributários, deltas internos, áreas de várzea e regiões alagadas é um dos centros ativos de evolução do planeta. O processo de construção e gestão de novos reservatórios e o planejamento estratégico na apropriação de recursos hídricos devem, sem dúvida, considerar essa conciliação da expansão hidroenergética com a conservação dos processos ecológicos, hidrossociais e hidroeconômicos na Amazônia. Uma integração mais decisiva da base de ciência e tecnologia com o planejamento e gestão é fundamental nesse contexto de exploração hidroenergética.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-04-01
Como Citar
Tundisi, J. (2007). Exploração do potencial hidrelétrico da Amazônia . Estudos Avançados, 21(59), 109-117. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10209
Seção
Dossiê Energia