Queimadas de cana-de-açúcar: Avaliação de efeitos na qualidade do ar e na saúde respiratória de crianças

Autores

  • Helena Ribeiro Universidade de São Paulo; Faculdade de Saúde Pública; Departamento de Saúde Ambiental
  • Célia Pesquero Universidade de São Paulo; Faculdade de Saúde Pública; Laboratório de Qualidade do Ar

Palavras-chave:

Queimadas, Cana-de-açúcar, Morbidade, Doenças respiratórias, Crianças

Resumo

Pesquisa em Espírito Santo do Turvo (SP) analisou poluição atmosférica causada por queima de cana-de-açúcar e saúde respiratória de crianças. Realizaram-se medições de PM10, PTS e NO2, durante safra, em 2004 e 2005, em pátio de escola, e aplicou-se questionário para avaliar morbidade respiratória referida dos alunos. No município, há cultivo de cana, queimada no pré-corte e usina próxima à área urbana. Resultados dos questionários foram comparados àqueles obtidos em Juquitiba (SP) previamente. As medições de poluentes, realizadas em dias em que havia queima de cana, estiveram abaixo dos padrões de qualidade do ar. Entretanto, foram indicadas altas prevalências de sintomas e doenças respiratórias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Como Citar

Ribeiro, H., & Pesquero, C. (2010). Queimadas de cana-de-açúcar: Avaliação de efeitos na qualidade do ar e na saúde respiratória de crianças . Estudos Avançados, 24(68), 255-271. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10477

Edição

Seção

Textos