Bioma Amazônia: atos e fatos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.34100.007

Palavras-chave:

Fundo Amazônia, REDD , Financiamento do clima, Acordo de Paris, Cooperação internacional.

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar uma agenda propositiva para a retomada do Fundo Amazônia. Para isso, as práticas de (des)governança em nível federal são analisadas à luz dos compromissos assumidos pelo Brasil em acordos internacionais de cooperação. Essa análise evidencia que o cumprimento dos princípios relacionados à sustentabilidade e ao meio ambiente em negociações comerciais internacionais, cooperação bilateral e multilateral são condições vinculantes para a retomada do Fundo Amazônia. O setor empresarial, com destaque para o setor financeiro, demanda resultados relativos ao crescente desflorestamento predatório da Amazônia. Essas condições e expectativas exigem uma drástica revisão dos atos do Ministério do Meio Ambiente. O Estado brasileiro já demostrou ao mundo sua capacidade de combater o desmatamento ilegal com inteligência, articulação entre ministérios e atores diversos, reservando para si a plena responsabilidade de comando e do controle nas suas políticas ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacques Marcovitch, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo

Jacques Marcovitch é professor emérito da Faculdade de Economia, Administração e
Contabilidade da Universidade de São Paulo, da qual foi reitor de 1997 a 2001. É
também professor do Instituto de Relações Internacionais da USP. Integra o Conselho
Deliberativo da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin em São Paulo e do Graduate
Institute of International and Development Studies (IHEID), em Genebra.

Referências

AGUIAR et al. Novo sistema do Inpe consolida liderança do Brasil. O Estado de S.

Paulo, São Paulo, Economia e Negócios, 23 de jul. 2020. Disponível em: < https://

economia.estadao.com.br/noticias/geral,novo-sistema-do-inpe-consolida-lideranca-

-do-brasil,70003373122>. Acesso em: 27 ago. 2020.

AMARAL, A. C. et al. Governo acelerou canetadas sobre meio ambiente durante a

pandemia. Folha de S.Paulo, São Paulo, 29 jul. 2020, Ambiente, p.B1. Disponível em:

<https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2020/07/governo-acelerou-canetadas-

-sobre-meio-ambiente-durante-a-pandemia.shtml>. Acesso em: 2 set. 2020.

AMSTERDAM DECLARATIONS PARTNERSHIP. Open Letter to Vice President

Mourão from the Amsterdam Declarations Partnership. 15 set. 2020. Disponível em:

<https://brasil.diplo.de/blob/2385170/4df777b4179c6e3b72d8573f76c592b4/

open-letter---amsterdam-declarations-partnership--adp--data.pdf>. Acesso em: 20 set.

ANGELO, C. O Inpe é o novo Ibama. Direto da Ciência. 26 ago. 2020. Disponível em: <http://www.diretodaciencia.com/2020/08/26/o-inpe-e-o-novo-ibama/>.

Acesso em: 30 ago. 2020.

ASSUNÇÃO, J.; GANDOUR, C.; ROCHA, R. Deforestation slowdown in the Brazilian Amazon: prices or policies. Environment and Development Economics, Cambridge

University Press, v.20, n.6, p.697-722, 2015.

BADZIACK, E. et al. 10 Princípios Empresariais para uma Amazônia Sustentável.

Amazônia Possível, 12 ago. 2020. Disponível em: <https://arapyau.org.br/iniciativa-

-amazonia-possivel-lanca-guia-dos-10-principios-empresariais-para-uma-amazonia-sustentavel/>. Acesso em: 1 set. 2020.

BANK FOR INTERNATIONAL SETTLEMENTS - BIS Climate-related financial

risks - a survey on current initiatives. 30 abr. 2020. Disponível em: <https://www.bis.

org/bcbs/publ/d502.htm>. Acesso em: 1 set. 2020.

BLACKROCK. Committed to sustainability. 2020, 1 set. Disponível em:

www.blackrock.com/corporate/sustainability/committed-to-sustainability>. Acesso

em: 1 set. 2020.

BLOOMBERG. Fundos com US$ 3,7 trilhões alertam Brasil sobre desmatamento.

InfoMoney, 23 jun. 2020. Disponível em: <https://www.infomoney.com.br/onde-investir/fundos-com-us-37-trilhoes-alertam-brasil-sobre-desmatamento/>. Acesso em: 1

set. 2020.

BNDES. Relatório de atividades 2019 - Fundo Amazônia. Rio de Janeiro, 2019. Disponível em: <http://www.fundoamazonia.gov.br/export/sites/default/pt/.galleries/

documentos/rafa/RAFA_2019_port.pdf>.

BOBBIO, N.; MATTEUCCI, N.; PASQUINO, G. Dicionário de política. 11.ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1998. v.2.

BRANT, D.; WATANABE, P. Sob Bolsonaro, multas ambientais caem 34% para menor

nível em 24 anos. Folha de S.Paulo, São Paulo, 9 mar. 2020. Ambiente. Capa e B1.

Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2020/03/sob-bolsonaro-multas-ambientais-caem-34-para-menor-nivel-em-24-anos.shtml>. Acesso em: 28 ago. 2020.

CASTILHO, A. L. Financiadores da bancada ruralista publicam anúncio em “total

apoio” a Ricardo Salles. De olho nos ruralistas. 26 mai. 2020. Disponível em:

deolhonosruralistas.com.br/2020/05/26/financiadores-da-bancada-ruralista-publicam-anuncio-em-total-apoio-a-ricardo-salles/>. Acesso em: 22 set. 2020.

CEBDS Setor empresarial cobra agenda sustentável do governo brasileiro. Assessoria CEBDS, 7 jul. 2020. Disponível em: <https://cebds.org/wp-content/uploads/2020/07/cebds.org-comunicado-do-setor-empresarial-brasileiro-0824-comunicado-do-setor-empresarial-pt.pdf>. Acesso em: 1 set. 2020.

COMISSÃO EUROPEIA. Elementos-chave do acordo comercial UE-Mercosul. Comissão Europeia - Perguntas e Respostas. Bruxelas. 2019. Disponível em: <https://ec.europa.

eu/commission/presscorner/detail/pt/QANDA_19_3375>. Acesso em: 1 set. 2020.

CONSELHO NACIONAL DA AMAZÔNIA LEGAL. Proposta de Ações Imediatas.

de maio 2020. Disponível em: <https://www.gov.br/planalto/pt-br/conheca-a-

-vice-presidencia/conselho-da-amazonia/proposta-de-acoes-imediatas>. Acesso em:

ago. 2020.

EU-Mercosul. Novo acordo comercial UE- Mercosul O acordo de princípio. Bruxelas. 2019. Disponível em: <http://trade.ec.europa.eu/doclib/docs/2019/july/tradoc_158250.pdf>. Acesso em: 1 set. 2020.

EXAME. Timberland, Kipling e Vans deixam de comprar couro do Brasil, 28 de

ago. 2019. Disponível em: <https://exame.com/negocios/timberland-kipling-vans-

-e-outras-marcas-suspendem-couro-do-brasil/#:~:text=S%C3%A3o%20Paulo%20

%E2%80%94%20Pelo%20menos%2018,causa%20das%20queimadas%20na%20

Amaz%C3%B4nia>. Acesso em: 1 set. 2020.

FEBRABAN-IPESPE. A importância da Amazônia para o Brasil, os brasileiros e o mundo. Observatório Febraban. São Paulo, 2020. Disponível em: <https://portal.febraban.org.br/noticia/3509/pt-br/>.

GARCIA, J. J. G. et al. Relatório de Avaliação de Meio Termo da Efetividade do Fundo Amazônia 2008-2018. Rio de Janeiro: Fundo Amazônia/Cepal, 2019. Disponível

em: <http://www.fundoamazonia.gov.br/export/sites/default/pt/.galleries/documentos/monitoramento-avaliacao/avaliacoes-externas/FA-Relatorio-Avaliacao-Meio-

-Termo-Fundo-Amazonia.pdf>. Acesso em: 1 jun. 2020.

GUIMARÃES, F. Bradesco, Itaú e Santander lançam plano para desenvolvimento sustentável da Amazônia. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 22 de jul. 2020. Disponível em:

<https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,bradesco-itau-e-santander-lancam-

-plano-para-desenvolvimento-sustentavel-da-amazonia,70003372721>. Acesso em: 1

set. 2020.

INPE. INPE estima 7.900 km2

de desmatamento por corte raso na Amazônia em 2018.

dez. 2018. Disponível em: <http://www.inpe.br/noticias/noticia.php?Cod_Noticia=4957>. Acesso em: 1 jul. 2020.

_______. Programa Queimadas. Monitoramento dos Focos Ativos por Região. Disponível em: <http://queimadas.dgi.inpe.br/queimadas/portal-static/estatisticas_

estados/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=queimadas_

em_agosto_confirmam_que_exercito_fracassou_na_amazonia&utm_term=2020-09-

>. Acesso em: 1 set. 2020.

INPE. Prodes Amazônia. Monitoramento do Desmatamento da Floresta Amazônica

Brasileira por Satélite. Disponível em: <http://www.obt.inpe.br/OBT/assuntos/programas/amazonia/prodes>. Acesso em: 26 ago. 2020.

LEITE, M. Agulhas no palheiro em chamas. Folha de S.Paulo, São Paulo, 29 ago. 2020.

Ambiente, p. B6. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/colunas/marceloleite/2020/08/agulhas-no-palheiro-em-chamas.shtml>. Acesso em: 30 ago. 2020.

MARCOVITCH, J.; PINSKY, V. C. Amazon Fund: financing deforestation avoidance.

Revista de Administração, v.49, n.2, p.280-90, abr./maio/jun. 2014. Disponível em:

<https://doi.org/10.5700/rausp1146>. Acesso em: 1 jul. 2020.

MMA. Plano de Ação para Prevenção e Combate do Desmatamento na Amazônia Legal

- Plano Operativo 2016-2020. Brasília, DF, 2016. Disponível em: <https://www.mma.

gov.br/images/arquivo/80120/Anexo%20II%20-%20PLANO%20OPERATIVO%20

DO%20PPCDAm%20-%20GPTI%20_%20p%20site.pdf>. Acesso em: 1 set. 2020.

_______. Plano Nacional para Controle do Desmatamento Ilegal e Recuperação da

Vegetação Nativa 2020-2023. Brasília, DF, 2020. Disponível em: <https://www.gov.

br/planalto/pt-br/conheca-a-vice-presidencia/nota-a-imprensa/anexo-ao-resumo-

-informativo-no-3_de-29-5-2020.pdf/view>. Acesso em: 1 set. 2020.

_______. Plano para Controle do Desmatamento Ilegal e Recuperação da Vegetação Nativa. Disponível em:< https://www.mma.gov.br/informma/

item/616-preven%C3%A7%C3%A3o-e-controle-do-desmatamento-na -

-amaz%C3%B4nia.html#:~:text=O%20Plano%20de%20A%C3%A7%C3%A3o%20

para,desenvolvimento%20sustent%C3%A1vel%20na%20Amaz%C3%B4nia%20Legal>.

Acesso em: 1 jul. 2020.

MOUTINHO, P.; GUERRA, R.; AZEVEDO-RAMOS, C. Achieving zero deforestation in the Brazilian Amazon: What is missing? Elementa: Science of the Anthropocene,

v.4, 000125, 2016. https://doi.org/10.12952/journal.elementa.000125

MÜLLER, C. Brazil and the Amazon Rainforest Deforestation, Biodiversity and Cooperation with the EU and International Forums Policy. Luxembourg: European Parliamentary Service (EPRS), mai. 2020. Disponível em: <https://www.europarl.europa.eu/RegData/etudes/IDAN/2020/648792/IPOL_IDA(2020)648792_EN.pdf>.

Acesso em: 1 jul. 2020.

NORGES BANK Exclusion decisions and decisions to revoke exclusion. 13 maio 2020.

Disponível em: <https://www.nbim.no/en/the-fund/news-list/2020/exclusion-decisions-and-decisions-to-revoke-exclusion/>. Acesso em: 28 ago 2020.

NUNES, M. Mais de 40 empresas globais assinam carta para pedir que parlamentares

rejeitem o ‘PL 2633’ ou ‘PL da Grilagem’ e ameaçam boicotar o Brasil. Conexão Planeta. Mai. 2020. Disponível em: <https://conexaoplaneta.com.br/blog/40-empresas-

-globais-assinam-carta-para-pedir-que-parlamentares-rejeitem-o-pl-2633-ou-pl-da-grilagem-e-ameacam-boicotar-o-brasil/#fechar>. Acesso em: 1 set. 2020.

OBSERVATÓRIO DO CLIMA. Queimadas em agosto confirmam que Exército fracassou na Amazônia. 1 set. 2020. Disponível em: <http://www.observatoriodoclima.eco.

br/queimadas-em-agosto-confirmam-que-exercito-fracassou-na-amazonia/>. Acesso

em: 1 set. 2020.

PINSKY, V. C.; KRUGLIANSKAS, I.; VICTOR, D. G. Experimentalist governance in climate finance: the case of REDD+ in Brazil. Climate Policy, v.19, n.6, p.725-38,

https://doi.org/10.1080/14693062.2019.1571474

PINTO, A. E. S. Cresce na Europa pressão contra produtos brasileiros, em reação a

queimadas na Amazônia. Folha de S.Paulo. São Paulo. 11 jul. 2020. Mercado. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/07/cresce-na-europa-

-pressao-contra-produtos-brasileiros-em-reacao-a-queimadas-na-amazonia.shtml>.

Acesso em: 1 set. 2020.

SOUSA, P. Q. Decreasing deforestation in the Southern Brazilian Amazon—The role

of administrative sanctions in Mato Grosso State. Forests, v.7. n.3, p.66, 12 mar. 2016.

TOMBINI, A. A. et al. Uma convergência necessária: por uma economia de baixo carbono. Instituto Clima e Sociedade e Instituto O Mundo Que Queremos, 15 jul. 2020.

Disponível em: <https://convergenciapelobrasil.org.br/leia-a-carta-na-integra/>.

Acesso em: 1 jul. 2020.

UNFCCC. Key decisions relevant for reducing emissions from deforestation and forest

degradation in developing countries (REDD+). UNFCCC Secretariat, jun. 2014. Disponível em: <http://unfccc.int/6917.php>. Acesso em: 1 jul. 2020.

WOLOSIN, M.; BREIFTFELLER, J.; SCHAAP, B. The Geography of REDD+ Finance: Deforestation, emissions, and the targeting offorest con- servation finance. Washington, DC: Forest Trends, ago. 2016. Disponível em: <http://www.forest-trends.org/documents/files/doc_5334.pdf>. Acesso em: 1 set. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-02

Como Citar

Marcovitch, J. (2020). Bioma Amazônia: atos e fatos. Estudos Avançados, 34(100), 83-106. https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.34100.007

Edição

Seção

Impactos da pandemia