A mídia e o golpe militar

Autores

  • Audálio Dantas Audalio Dantas Comunicação e Projetos Culturais

Resumo

Este artigo trata do papel desempenhado pela grande imprensa no processo político brasileiro, a partir do início dos anos 1950, com a volta ao poder, pelo voto popular, de Getulio Vargas, que sustentara a ditadura do Estado Novo até 1945, quando foi deposto pelos militares. Setores conservadores da direita moveram-lhe, com o apoio da mídia, campanha que terminou por levá-lo ao suicídio, em l954. Várias tentativas de golpe se sucederam, até que em 1964, com o decidido apoio dos principais veículos de comunicação, um golpe militar implantou a ditadura no país. Esses mesmos veículos, alguns dos quais participaram diretamente da conspiração que levou à derrubada do governo constitucional de João Goulart, desempenharam papel importante como apoiadores da ditadura militar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-01-01

Como Citar

Dantas, A. (2014). A mídia e o golpe militar . Estudos Avançados, 28(80), 59-74. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/79683

Edição

Seção

50 Anos do Golpe de 64