O mecanismo de transmissão da política monetária no Brasil: uma análise em VAR por setor industrial

Autores

  • Eduardo Cardeal Tomazzia Universidade Federal de Santa Catarina; Centro Sócio-Econômico
  • Roberto Meurer Universidade Federal de Santa Catarina; Centro Sócio-Econômico

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502009000400002

Palavras-chave:

mecanismo de transmissão monetária, efeitos setoriais, Brasil, metas de inflação

Resumo

Este artigo analisa o impacto de choques monetários nas principais variáveis macroeconômicas e no produto de setores industriais, no Brasil, entre 1999 e 2008. É utilizada a metodologia de modelos VAR, pela abordagem de Toda & Yamamoto (1995), e funções de impulso-resposta. Verificou-se robustez dos modelos e efetividade da política monetária no período. Os setores industriais respondem negativamente à política monetária exógena, mas com diferença no nível do efeito. Os setores de bens de consumo duráveis apresentam a maior resposta, os de bens de demanda industrial uma reação intermediária, e o de bens de consumo não duráveis a menor resposta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Como Citar

Tomazzia, E. C., & Meurer, R. (2009). O mecanismo de transmissão da política monetária no Brasil: uma análise em VAR por setor industrial. Economia Aplicada, 13(4), 371-398. https://doi.org/10.1590/S1413-80502009000400002

Edição

Seção

Artigos