The stationarity of consumption-income ratios: evidence from South American countries

Autores

  • Fábio Augusto Reis Gomes Insper Instituto de Ensino e Pesquisa
  • Douglas de Souza Franchini Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502009000400006

Palavras-chave:

Consumption-income ratio, unit root tests, structural break, South America

Resumo

Este artigo analisa a ordem de integração da razão consumo-renda em 10 países da América do Sul. Para tanto, utilizamos o teste ADF e sua versão painel, além de um teste LM de raiz unitária com quebra estrutural(s). Enquanto os primeiros testes encontraram evidências mais favoráveis a processos integrados, após o controle de quebras estruturais apenas o processo do Uruguai parece ser integrado. Assim, em geral, a razão consumo-renda foi diagnosticada como um processo estacionário, como sugerido pelo modelo de hábito e pelas hipóteses de renda relativa, renda permanente e ciclo de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Como Citar

Gomes, F. A. R., & Franchini, D. de S. (2009). The stationarity of consumption-income ratios: evidence from South American countries. Economia Aplicada, 13(4), 463-479. https://doi.org/10.1590/S1413-80502009000400006

Edição

Seção

Artigos