Bolsa Família ou desempenho da economia? Determinantes da reeleição de Lula em 2006

Autores

  • Mauricio Canêdo-Pinheiro BRE/FGV e FCE/UERJ

DOI:

https://doi.org/10.1590/ea.v19i1.106025

Palavras-chave:

Bolsa Família, Lula, Eleições Presidenciais, Viés de Agregação.

Resumo

Este artigo investiga os determinantes dos resultados das eleições presidenciais brasileiras de 2006, em particular o papel do programa Bolsa Família e do desempenho econômico na migração da base eleitoral de Lula para regiões menos desenvolvidas. Os resultados indicam que, entre eleitores habituais de Lula, a participação no programa não aumenta a probabilidade de voto nesse candidato em 2006. Entre eleitores habituais de outros candidatos, esse efeito é positivo. Além disso, um maior crescimento econômico somente significou votos adicionais para Lula entre os eleitores mais ricos. Por fim, o impacto do programa Bolsa Família se mostrou bastante superior ao do desempenho econômico. No entanto, nenhum dos dois fatores foi capaz de explicar satisfatoriamente toda a extensão da mudança observada em 2006.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-19

Como Citar

Canêdo-Pinheiro, M. (2015). Bolsa Família ou desempenho da economia? Determinantes da reeleição de Lula em 2006. Economia Aplicada, 19(1), 31-62. https://doi.org/10.1590/ea.v19i1.106025

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)