Retorno de ações, inflação e atividade econômica

Autores

  • Nelson da Silva Banco Central do Brasil
  • Sidney Martins Caetano Departamento de Economia - Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea137954

Palavras-chave:

retorno de ativos-inflação, hipótese proxy, ondaletas

Resumo

O trabalho investiga empiricamente as relações entre retorno de ações, inflação e atividade econômica para dados mensais brasileiros (1996-2017). Analisamos a variância e correlação wavelet e estimamos regressões em níveis de escala. Os resultados não corroboram a hipótese principal de que a relação negativa entre retorno real de ações e inflação seria induzida por uma relação negativa entre a inflação e a atividade econômica. Além disso, a relação entre retorno real de ações e a atividade econômica não é independente da inflação. Em termos de escala, na inflação e hiato do produto predominam ciclos de médio e longo prazos, enquanto na composição da taxa de crescimento da produção industrial e do retorno real do índice acionário, o componente de curto prazo é o determinante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nelson da Silva, Banco Central do Brasil

Departamento de Estudos e Pesquisas, Banco Central do Brasil.

E-mail: nelson.silva@bcb.gov.br

Sidney Martins Caetano, Departamento de Economia - Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento de Economia, Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF. Bolsista de Produtividade
em Pesquisa do CNPq.

E-mail: sidney.caetano@ufjf.edu.br

Downloads

Publicado

2019-03-01

Como Citar

Silva, N. da, & Caetano, S. M. (2019). Retorno de ações, inflação e atividade econômica. Economia Aplicada, 23(1), 43-82. https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea137954

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)