Programas condicionais de transferência de renda e fecundidade: evidências do Bolsa Família

Autores

  • Romero Cavalcanti Barreto da Rocha Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea168739

Palavras-chave:

programas condicionais, transferência de renda, fecundidade

Resumo

Este trabalho tem como objetivo aprofundar a investigação em relação aos efeitos dos programas condicionais de transferência de renda, nos quais a quantidade de recursos transferidos depende do tamanho da família, sobre a fecundidade das mães beneficiárias. O efeito desse tipo de programa é ambíguo. O custo de ter filhos é diminuído, mas aumenta-se o investimento em capital humano. O objetivo deste artigo é verificar se o Programa Bolsa Família teve impacto na probabilidade de a mulher ter filhos e qual o sinal dessa correlação. Para isso, foram testadas três diferentes estratégias empíricas e não foi encontrado efeito robusto do programa na fecundidade em nenhuma delas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-09-01

Como Citar

Rocha, R. C. B. da. (2018). Programas condicionais de transferência de renda e fecundidade: evidências do Bolsa Família. Economia Aplicada, 22(3), 175-202. https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea168739

Edição

Seção

Artigos