The Phillips curve and information rigidity in Brazil

Autores

  • Sidney M. Caetano Universidade Federal de Viçosa; Departamento de Economia
  • Guilherme V. Moura UFSC

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502012000100002

Palavras-chave:

Curva de Phillips, Rigidez de Informação, Expectativas de Inflação

Resumo

O objetivo deste trabalho é testar a hipótese de ausência de rigidez de informação no Brasil. A metodologia permite também derivar a frequência de reajuste informacional via Curva de Phillips sob Rigidez de Informação. Para tanto, a mediana das projeções de mercado divulgadas pela Gerin/Bacen são utilizadas como proxy para as expectativas contidas na curva de Phillips. As estimativas obtidas são consistentes com o modelo e implicam em atualização de informação a cada cinco trimestres. Portanto, o período de atualização de informações estimado para o Brasil é próximo de alguns estimados para países europeus e norte americanos, o que em parte pode ser atribuído à redução nas incertezas inflacionárias brasileiras no período de análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-03-01

Como Citar

Caetano, S. M., & Moura, G. V. (2012). The Phillips curve and information rigidity in Brazil. Economia Aplicada, 16(1), 31-48. https://doi.org/10.1590/S1413-80502012000100002

Edição

Seção

Artigos