Produtividade relativa dos setores público e provado em educação: impactos sobre a escolha da escola pela família

Autores

  • Rafael Terra UnB; Departamento de Economia
  • Ana Carolina Zoghbi FAPESP/EESP-FGV
  • Fabiana de Felício Metas Avaliação e Proposição de Políticas Sociais

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502012000400003

Palavras-chave:

Escolha do Setor Educacional, Diferencial de Produtividade Inter-setorial em Educação, Modelo de Heckman, Probit

Resumo

O objetivo deste trabalho é verificar se as famílias consideram o diferencial de produtividade educacional entre os setores privado e público (em termos de proficiências) ao decidirem sobre a escola de seus filhos. As funções de produção educacionais estimadas pelo modelo de Heckman revelam um diferencial de produtividade em favor do setor privado. Umaumento nos diferenciais de proficiências em matemática e leitura aumenta a probabilidade de as famílias escolherem o setor privado. Além disso, quanto maior a diferença de nível socioeconômico e do percentual de brancos entre os setores privado e público locais factíveis, maior é a probabilidade de a família optar pelo primeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-01

Como Citar

Terra, R., Zoghbi, A. C., & Felício, F. de. (2012). Produtividade relativa dos setores público e provado em educação: impactos sobre a escolha da escola pela família . Economia Aplicada, 16(4), 579-611. https://doi.org/10.1590/S1413-80502012000400003

Edição

Seção

Artigos