Quasi-Monte Carlo in finance: extending for problems of high effective dimension

Autores

  • Marcos Eugênio da Silva University of São Paulo
  • Thierry Barbe Banco BNP Paribas

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502005000400004

Palavras-chave:

quase-Monte Carlo, baixa discrepância, Sobol, dimensão efetiva, seqüências deterministas

Resumo

Neste artigo mostramos que é possível usar métodos de simulação quase-Monte Carlo em problemas de alta dimensão efetiva. Isto é feito por meio de uma combinação de uma cuidadosa construção das seqüências de Sobol e de uma decomposição apropriada da matriz de covariância dos fatores de risco. A eficácia do método é ilustrada por meio da precificação de opções que envolve a solução de problemas com dimensão nominal da ordem de 550 (e dimensão efetiva da ordem de 300). Acreditamos que o método apresentado seja de fácil implementação e de grande interesse para os participantes do mercado financeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-12-01

Como Citar

Silva, M. E. da, & Barbe, T. (2005). Quasi-Monte Carlo in finance: extending for problems of high effective dimension. Economia Aplicada, 9(4), 577-594. https://doi.org/10.1590/S1413-80502005000400004

Edição

Seção

Artigos