Choques transitórios em variáveis econômicas

Autores

  • Erik Alencar de Figueirêdo Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Paulo Amilton Maia Leite Filho Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502005000400006

Palavras-chave:

persistência local, raiz quase unitária, produto interno bruto, modelo CCAPM, fórmula de Black-Scholes

Resumo

Esse estudo objetiva testar a existência de raiz quase unitária e persistência local em diversas variáveis centrais de modelos econômicos (mercado de produto, CCAPM e derivação da fórmula de opção de compra de Black-Scholes). Argumenta-se que a rejeição da hipótese de raiz unitária não necessariamente implicará a aceitação de um comportamento estacionário e ergódigo para a série temporal. Para tanto, selecionou-se o modelo de raiz quase unitária desenvolvido por Phillips, Moon e Xiao (2001) e uma estratégia de estimação envolvendo: a) o teste DF-GLS, sugerido por Elliott, Rothenberg e Stock (1996); b) a seleção ótima de lags proposta por Ng e Perron (2001) e; c) a correção não-paramétrica para termos de perturbação não i.i.d., a partir do kernel smoothing. Os resultados empíricos evidenciaram, para algumas séries, uma caracterização do processo gerador dos dados (PGD) a partir da persistência local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-12-01

Como Citar

Figueirêdo, E. A. de, & Leite Filho, P. A. M. (2005). Choques transitórios em variáveis econômicas. Economia Aplicada, 9(4), 623-643. https://doi.org/10.1590/S1413-80502005000400006

Edição

Seção

Artigos