Investigação do desempenho das cooperativas de crédito de Minas Gerais por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA)

Autores

  • Marco Aurélio Marques Ferreira Universidade Federal de Viçosa; Departamento de Administração
  • Rosiane Maria Lima Gonçalves Universidade Federal de Viçosa
  • Marcelo José Braga Universidade Federal de Viçosa; Departamento de Economia Rural

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502007000300006

Palavras-chave:

eficiência, cooperativas de crédito, análise envoltória de dados, modelos Tobit

Resumo

Este trabalho buscou investigar o desempenho das Cooperativas de Economia e Crédito Mútuo de Minas Gerais, fundamentando-se no conceito de eficiência e considerando o seu papel de instituições de desintermediação financeira entre os seus membros associados. A mensuração da eficiência deu-se por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA), a partir de indicadores contábeis e financeiros de 105 cooperativas de crédito que compuseram o escopo da pesquisa, no ano de 2003. Os fatores condicionantes da eficiência foram identificados por meio do modelo Tobit. Os resultados expõem as limitações de eficiência das cooperativas de crédito, principalmente no que se refere à subutilização dos recursos produtivos, ao passo que se assevera a importância de se acompanhar o desempenho dessas organizações como fator de manutenção e sustentabilidade desses empreendimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-09-01

Como Citar

Ferreira, M. A. M., Gonçalves, R. M. L., & Braga, M. J. (2007). Investigação do desempenho das cooperativas de crédito de Minas Gerais por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA). Economia Aplicada, 11(3), 425-445. https://doi.org/10.1590/S1413-80502007000300006

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)