O Problema do café no Brasil

Resumo

É com enorme alegria e gratidão que venho a esta ilustre reunião de economistas, para celebrar um trabalho sexagenário sobre o problema do café no Brasil. É difícil entender hoje, quando o valor das exportações de café representa cerca de 2% do total, e uma variação de seus preços têm efeito desprezível sobre nossa capacidade de importar, qual era a importância do problema nos primeiros anos da década dos sessenta do século passado, quando representava mais de 50% e a mesma variação tinha consequências dramáticas sobre ela, sobre a nossa taxa de câmbio e sobre o nosso crescimento econômico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Delfim Netto, Universidade de São Paulo

Professor Emérito − Universidade de São Paulo.

Publicado
2020-06-30
Seção
Comunicação Breve