Índice de controle de capitais: uma análise da legislação e seu impacto sobre o fluxo de capital no Brasil no período 1990-2000

Autores

  • Maria Cristina Terra Fundação Getulio Vargas. Escola de Pós-Graduação em Economia
  • Elena Soihet Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Instituto Multidisciplinar

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-41612006000400003

Palavras-chave:

controle de capital, fluxos de capital

Resumo

Cardoso e Goldfajn (1997) constroem um índice de controle de capital para o Brasil para o período de 1988 a 1995, e estudam o efeito do índice sobre o fluxo de capitais. Este trabalho se propõe a construir o índice apresentado naquele trabalho para o período de 1990 a 2000, e estudar, em termos quantitativos, a influência deste índice sobre os fluxos de capitais. Foram analisados cerca de 200 principais normativos editados pelo Banco Central e Ministério da Fazenda, referentes a controle de capital no período 1990-2000. O período foi marcado pela liberalização do fluxo de capital, com alguns subperíodos nos quais houve restrição principalmente à saída de capital. Os resultados empíricos mostram que o índice de controle de capital, bem como desvios da paridade coberta de juros, o Plano Real e os efeitos provocados pelas crises mexicana, asiática e russa foram fatores determinantes para explicar o fluxo de capital total entre 1990 e 2000.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Banco Central do Brasil. Nota para imprensa. Diversos números, Brasília- DF.

Calvo, G. Capital inflows and macroeconomic management: tequila lessons. International

Journal of Finance and Economics, v. 1, julho 1996.

Calvo, G.; Leiderman, L.; Reinhart, C. Capital inflows and real exchange rate appreciation

in Latin America: the role of external factors. International Monetary

Fund, Paper nº 40, 1993.

Cardoso, E.; Goldfajn, I. Capital flows to Brazil: the endogeneity of capital controls.

International Monetary Fund, Paper nº 115, 1997.

Edwards, S. Capital flows, real exchange rates, and capital controls: some Latin

American experiences. NBER Working Paper 6800, 1998.

Edwards, S. Capital controls, sudden stops and current account reversals. NBER Working

Paper 11170, 2005.

Eichengreen, Barry. Crises financeiras: análise, prevenção e gestão. Rio de Janeiro:

Campus, 2003.

Fernández-Arias, E.; Montiel, J. P. The surge in capital inflows to developing countries:

analytical overview. Policy Research, Working Paper 1473, Washington:

World Bank, 1995.

Garcia, M. G. P.; Valpassos, M. V. F. Capital flows, capital controls and currency crisis:

the case of Brazil in the nineties. Texto para Discussão nº 345, PUC-Rio, 1998.

Goldfajn, I.; Minella, A. Capital flows and controls in Brazil: what have we learned?

In: Sebastian Edwards (ed.), International capital flows. NBER, 2005.

IMF Research Bulletin, v. 2, n. 4, dezembro 2001.

Kaminsky, G. Is there a peso problem? American Economic Review, junho 1993.

Kaplan, E.; Rodrik, D. Did the Malaysian capital controls work? Harvard University,

Mimeografado.

Lessar, D.; Williamson, J. Capital flight: the problem and policy responses. Institute

for International Economics, nº 23, novembro 1987.

Stiglitz, J. Globalization and its discontents. New York and London: W.W. Norton,

Valdes-Prieto, Salvador; Soto, Marcelo. Es el control selectivo de capitales efectivo

en Chile? Su efecto sobre el tipo de cambio real. Cuadernos de Economia, 33,

abril 1996.

Downloads

Publicado

2006-12-01

Edição

Seção

Não definida